Você já agradeceu hoje?

Hoje a caminho do trabalho um caminhão precisava mudar de faixa e eu estava no meu limite de tempo. Normalmente teria acelerado e deixado o “problema” para o motorista logo atrás, mas decidi desacelerar e deixa-lo entrar à minha frente. E por ali ele prosseguiu, na minha frente, por vários quilômetros, até quando foi possível retornar à sua faixa. Tão logo retornou, buzinou agradecido.

É um breve relato de como meu dia iniciou. Parece uma coisa tão trivial, tão pequena, mas confesso que fui invadida por um sentimento muito prazeroso que me fez sorrir ao volante diante de um caótico trânsito: a gratidão.

Vou usar o trânsito como metáfora, e vocês o relacionam com o que for conveniente:

Quantas vezes ao precisar “mudar de faixa” você se irritou porque ninguém abria espaço? Agora, quantas vezes você “gastou” alguns segundos do seu precioso tempo para abrir espaço a outro?

Aqui há um caminho de duas vias: não temos tempo para retribuir gentilezas ou não estamos sendo gratos pelas gentilezas recebidas? Parece um questionamento tolo, mas ao passo que você consegue ser grato pelas coisas que recebe você consegue retribuir gentilezas sem fazer o mínimo esforço, uma coisa vira consequência da outra.

Mas a gratidão, no começo é um fardo pesado, nem sempre estamos dispostas a acostumarmos com o “peso”, é igual começar a fazer academia: no começo é punk, depois acostuma e vira prazeroso. Mas em ambos os casos é necessário o pontapé inicial.

Eu tenho descoberto que ser grata acaba sendo um estilo de vida prazeroso e simples. É fácil ser grato, ao passo que conseguimos perceber as gentilezas que recebemos todos os dias: e são muitas!

Tente ao invés de reclamar por acordar cedo, por exemplo, agradecer pelos motivos que o fizeram acordar, seja eles coisas ou pessoas.

A vida não é feita de finais planejados, mas de pequenas coisas boas e ruins e ambas constroem vários “finais felizes”, porque sim, a felicidade anda de mãos dadas com a gratidão.

Você já agradeceu hoje?

Leia também...

Deixe um comentário