VIAGEM GASTRONÔMICA – SANTA CATARINA

SANTA CATARINA tem sua culinária fortemente ligada à sua colonização. Com a chegada dos imigrantes portugueses, vindos do arquipélago de Açores, começou o povoamento das cidades litorâneas de São Francisco do Sul e Florianópolis. Peixes e frutos do mar eram a base da alimentação desses imigrantes, que encontraram no litoral catarinense uma fartura de pescados. Adicionaram às suas preparações produtos locais apresentados pelos indígenas que aqui viviam, e assim passaram a usar em suas receitas a farinha de mandioca, o feijão, os legumes, as verduras e a banana.

Os imigrantes alemães chegaram no século XIX, e instalaram-se principalmente no Vale do Itajaí, fundando as cidades de Brusque, Pomerode e Blumenau, e, mais ao leste, Joinville. Introduziram o hábito de consumir carne suína, em especialidade como EISBEIN (joelho de porco) e o KASSLER (bisteca de porco levemente defumada), BOCKWURST (salsicha), CHUCRUTE (repolho fermentado) e o marreco recheado acompanhado de repolho roxo. No oeste do Estado, na cidade de Treze Tílias, húngaros e austríacos trouxeram o GOULASH (ensopado de músculo, tomate e cebola) e o APFELSTRUDEL (torta folhada recheada com maçã e canela).

Por volta de 1870, foi a vez dos italianos aportarem em Santa Catarina, ocupando a região onde hoje estão as cidades de Criciúma, Nova Veneza, Urussanga e Lages, trazendo em suas bagagens receitas como a FORTAIA (ovos com queijo colonial), sopa de capeletti, lasanha, polenta, galeto e ingredientes como o vinho, a massa, o salame, queijos, biscoitos e os pães.

Caminhando em direção à região serrana, prevalecem os hábitos alimentares dos tropeiros, como o consumo da carne de gado, do pinhão, arroz carreteiro e chimarrão.

Marreco recheado

Santa Catarina é um dos maiores produtores de pescados do país, isso graças ao seu extenso litoral, com mais de 400 km de extensão, e dele são retirados linguados, tainhas, badejos, corvinas, namorados, garoupas, robalos, anchovas, camarões, lagostas, mariscos e lulas. Pratos como a caldeirada de frutos do mar, a tainha recheada e camarão no bafo marcam a gastronomia local.

SALADA MORNA ALEMÃ DE BATATAS

Rende 1 porção

Ingredientes

  • 2 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • 1 cebola picada
  • 3 colheres (sopa) de vinagre
  • 3 batatas cozidas e cortadas em cubos
  • ½ colher (chá) de mostarda amarela
  • 1 ovo cozido e picado
  • 1 colher (sopa) de cebolinha verde picada
  • ½ colher (sopa) de suco de limão
  • 3 gotas de molho de pimenta
  • Sal a gosto

Modo de preparo

  1. Aqueça o azeite e frite ligeiramente as cebolas. Depois acrescente o vinagre, deixe ferver e adicione esse tempero sobre as batatas já picadas, em uma tigela.
  2. Em outra tigela, junte os demais ingredientes e misture. Depois coloque essa mistura na tigela onde estão as batatas já temperadas. Misture. Acerte o sal e sirva.

salada-morna-alema-de-batata

 

CALDEIRADA DE FRUTOS DO MAR

Serve 6 pessoas

Ingredientes

  • ½ xícara (chá) de azeite oliva
  • 600 g de cação cortado em cubos
  • 500 g de camarão médio limpo
  • 6 lagostins
  • 300 g de mexilhão limpos
  • 500 g lula cortada em anéis
  • 1 pimentão verde cortado em rodelas
  • 3 tomates cortados em rodelas
  • 3 cebolas cortadas em rodelas
  • 2 cubos de caldo de camarão
  • 500 ml de água
  • Cebolinha picada a gosto
  • Sal a gosto
  • 6 dentes de alho grandes

Modo de preparo

  1. Em uma panela grande, aqueça o azeite, e doure o alho amassado, depois refogue o mexilhão e coloque o cação cortado em cubos e adicione a água. Deixe ferver e adicione a lula, os tomates, as cebolas e o pimentão.
  2. Em seguida, coloque os cubos de caldo de camarão e acerte o sal. Adicione a cebolinha e os camarões.
  3. Para finalizar, coloque os lagostins, tampe a panela e deixe cozinhar por 5 minutos.
  4. Sirva com arroz branco e pirão.

SPÄTZLE

Rende 10 porções

Ingredientes – Massa

  • 12 ovos
  • 1/3 de xícara (chá) de manteiga derretida
  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 1 pitada de noz moscada
  • 7 ½ xícara (chá) de farinha de trigo
  • Sal a gosto
  • 2 litros de água
  • 2 cubos de caldo de galinha

Ingredientes – Acompanhamento

  • ½ xícara (chá) de manteiga
  • 1 cebola cortada em rodelas
  • 5 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado

Modo de preparo – Massa

  1. Bata os ovos com um garfo, acrescentando a manteiga, o óleo, a nos moscada, a farinha e o sal, até a mistura se transformar em uma massa de consistência grossa.
  2. Em uma panela, coloque 2 litros de água par ferver com os cubos de caldo de galinha. Enquanto a água estiver fervente, abra a massa sobre uma superfície lisa, deixando-a com 1,5 cm de espessura.
  3. Com uma faca, faça tiras da massa e coloque dentro da panela, cozinhe por 5 minutos e retire as água.

Modo de preparo – Acompanhamento

  1. Em outra panela, derreta a manteiga e junte a cebola. Deixe dourar e coloque sobre o spätzle. Polvilhe com o queijo ralado e sirva.

Kässpätzle mit Röstzwiebeln

SALAME DE CHOCOLATE

Rende 20 porções

Ingredientes

  • 340 g de chocolate meio amargo em pedaços
  • ½ xícara (Chá) de margarina
  • 2 colheres (sopa) de aveia em flocos
  • 1 xícara (chá) de biscoitos tipo maisena picados
  • ½ xícara (chá) de castanha-do-pará picada
  • 85 g de chocolate branco picado

Modo de preparo

  1. Derreta o chocolate meio amargo em banho-maria, junto com a margarina. Deixe esfriar e misture a aveia, o biscoito maisena e a castanha. Adicione o chocolate branco e mexa bem.
  2. Coloque a massa sobre plástico filme. Molde na forma de um rolo com aproximadamente 30 cm de comprimento. Feche bem as pontas e deixe no refrigerador por 3 horas.
  3. Corte em rodelas de 1 cm e sirva em seguida.

salame-de-chocolate

Leia também...

Deixe um comentário