VIAGEM GASTRONÔMICA – ESPÍRITO SANTO

Capixaba, do Tupi significa “roça”, e era assim que os índios chamava suas pequenas plantações de mandioca e milho. Por tal fato, os moradores da capital do estado do Espírito Santo, Vitória, chamava os índios que lá viviam de CAPIXABAS. A fartura de pescados no litoral e a tradição pesqueira dão as características à sua culinária, cuja a maior influência vem dos indígenas e algumas técnicas de preparo herdadas dos portugueses e do povo africano.

A base da alimentação capixaba veio dos nativos, e foi aí que nasceu o prato mais emblemático e popular do estado: a MOQUECA CAPIXABA. Diferente da moqueca baiana, no lugar do azeite-de-dendê e do leite de coco, é usado o urucum para dar o tom avermelhado ao prato. Uma verdadeira moqueca capixaba deve ser preparada na panela de barro, e não é qualquer panela, mas sim uma que tenha sido moldada pelas mão das mulheres conhecidas como “paneleiras”. A técnica de confecção deste utensílio tem origem indígena, e pouco mudou com o passar do tempo. As artesãs se concentram no norte da ilha de Vitória, no bairro de Goiabeira, local esse de onde se extrai a argila dos manguezais utilizada no ofício.

panela de barro capixaba

Outro prato famoso é a TORTA CAPIXABA, receita de cunho religioso, preparada desde o século XIX, durante a Semana Santa. Esta torta é feita com frutos do mar, palmito, bacalhau, azeite de oliva, ovos e cebola, também preparada na panela de barro.

As sobremesas são feitas, na sua maioria, com ingredientes locais. Banana-da-terra com açúcar e canela, bolo de mandioca-puba, pamonha de milho verde, beijus e cuscuz de tapioca da mandioca. Faz-se, ainda, pão de cará, de milho e de aipim (mandioca). Os doces mais famosos são o muxá (creme de milho-vermelho com coco ralado) e o machacota (rapadura, gengibre e farinha de mandioca).

Saindo do litoral, subindo a serra, encontramos influências das culinárias italiana e alemã. Os italianos trouxeram o hábito de fazer risotos, polentas, queijos, massas e vinhos. Dos alemães, a técnica de produção de linguiças defumadas, chucrute, goulash, eisbein, brevidades, geleias e doces como o apfelstrudel.

No interior, podemos encontrar alguns pratos típicos do estado vizinho, Minas Gerais, como a canjiquinha com costela de porco e o frango com quiabo.

 

CAMARÃO FRITO À MEAÍPE

RENDE 2 PORÇÕES

Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo
  • 200 g de camarões pequenos com casca
  • 1 xícara (chá) de óleo
  • Sal

Modo de preparo

  1. Polvilhe a farinha sobre os camarões.
  2. Aqueça o óleo em uma frigideira e coloque os camarões para fritar até ficarem bem dourados (cerca de 3 minutos). Tempere com sal e sirva em seguida.

camarão frito à meaípe

MOQUECA DE SURURU À CAPIXABA

RENDE 2 PORÇÕES

Ingredientes

  • 400 g de sururu cozido sem conchas
  • ½ colher (chá) de sal
  • Suco de 1 limão
  • 1 colher (chá) de azeite
  • 6 dentes de alho pequenos
  • 1 xícara (chá) de tomate picado
  • 1 xícara (chá) de cebola picada
  • 1/3 de xícara (chá) de coentro fresco picado
  • ½ colher (sopa) de óleo de urucum

Modo de preparo

  1. Tempere o sururu com o sal, o limão, o azeite e o alho.
  2. Em uma panela de barro grande, coloque o sururu, o caldo do tempero e os demais ingredientes, deixando cozinhar por 10 minutos. Se necessário, acrescente ½ xícara (chá) de água. Deixe ferver.

moqueca de sururu à capixaba

 

TORTA CAPIXABA

RENDE 4 PORÇÕES

Ingredientes – Torta

  • 1 xícara (chá) de azeite de oliva
  • 3 xícaras (chá) de cebola picada
  • 5 dentes de alho picados
  • 3 xícaras (chá) de palmito fresco cortados em rodelas
  • 3 tomates médio maduros cortados em cubos
  • ½ xícara (chá) de azeitonas verde picadas
  • 3 a 4 xícaras (chá) de peixe cozido desfiado
  • Sal a gosto
  • Pimenta-do-reino moída a gosto
  • Pimenta calabresa a gosto
  • ½ colher (chá) de curry
  • 6 ovos

Ingredientes – Decoração

  • 4 azeitonas pretas
  • 1 cebola cortada em rodelas

Modo de preparo

  1. Em uma panela de barro, coloque o azeite, a cebola e o alho para refogar. Em seguida, junte o palmito, mexa e deixe cozinhar. Acrescente os tomates e as azeitonas, misturando bem. Adicione o peixe desfiado. Tempere com o sal, a pimenta-do-reino, a pimenta calabresa, o curry e o azeite e cozinhe por 15 minutos. Reserve.
  2. Bata as claras em neve. Junte as gemas uma a uma, batendo sempre até ficar uma mistura bem leve e volumosa. Espalhe essa mistura com uma colher sobre os ingredientes que estão na panela. Coloque as rodelas de cebola e as azeitonas para decorar. Leve ao forno preaquecido e deixe dourar.

torta capixaba

 

TORTA DE COCO

RENDE 1 TORTA

Ingredientes

  • 3 xícaras (chá) de coco ralado fresco
  • 1 ½ xícara (chá) de leite condensado
  • 3 xícaras (chá) de leite
  • 5 gemas
  • Manteiga para untar
  • 5 claras
  • 5 colheres (sopa) de açúcar refinado

Modo de preparo

  1. Barra no liquidificador o coco ralado, o leite condensado, o leite e as gemas.
  2. Unte uma fôrma média (35 cm x 25 cm) com manteiga, despeje a mistura e leve ao forno preaquecido a 160⁰ Retire, espere esfriar e reserve.
  3. Bata as claras em neve com o açúcar. Coloque por cima da tora. Retorne-a ao forno até dourar as claras. Retire do forno, espere esfriar e deixe na geladeira por 3 horas. Sirva gelada.

torta de coco

Leia também...

Deixe um comentário