Varandas de estar.

As varandas na atualidade emulam aquela liberdade que tínhamos no passado quando as casas, geralmente, exibiam varandas onde muito da vida aconteciam.

Era ali, que muitas das memórias eram criadas. Desde as brincadeiras das crianças, até as conversas das senhorinhas durante um chá ao entardecer.

No mundo moderno, onde verticalizamos cidades e comprimimos ambientes, a varanda é um respiro importante no dia dia abarrotado de compromissos e obrigações.

Cada vez mais esses espaços externos ganham notoriedade e frequentemente são item indispensável na lista de quem vai adquirir um imóvel.

Separamos alguns itens que elevam a varanda sem muito esforço:

Um piso amadeirado pode ser sobreposto ao existente e trazer uma atmosfera mais natural.

Incluir plantas é praticamente regra se você quer se sentir fora da selva de pedra.

Assentos alternativos, como redes ou balanços conferem um charme ímpar, porém para balanços precisamos ter certeza de que a fixação é possível diretamente na laje.

Se você gosta de decoração mais clássica, é perfeitamente possível usando cortinas leves o resultado é elegantíssimo:

Os móveis merecem atenção, pois geralmente nesse cantinho da casa eles ficarão expostos ao sol e possivelmente à intempéries.  Os de fibra sintética tem uma estética muito agradável, e custo x benefício imbatíveis.

É possível empregar madeira natural com tratamento para ambientes externos, contudo esse tipo de produto requer manutenção anual para que não sofrer danos permanentes.

Queridinhas da vez são os produtos com corda náutica. O resultado é super moderno e atual e a durabilidade é enorme. Outro ponto positivo é a possibilidade de cores que nesse material tem uma oferta bem variada:

Na impossibilidade de usar um piso diferenciado como madeira, vale lançar mão do uso de tapetes, fibras naturais como algodão e sisal sempre fazem bonito nas composições:

Ainda que eu tenha dito que as varantas são um desejo que remete ao nosso comportamento do passado, assim como é possível ser clássico a utilização de metal, o tom cinza ou preto, e um piso em porcelanato ou concreto criam um espaço com áura moderna e agrada as personalidades mais urbanas com total realização:

Não podemos esquecer que algumas vezes a varanda é fecha com vidro e integra-se ao espaço de convívio social. Esta resolução pode aniquilar essa diferenciação e transformar tudo em ambiente interno. Entretanto, lembra do nosso amigo piso? Ele permite enaltecer essa faixa que foi adotada para expandir a área de forma chique e sutil.

Nessa ultima versão, ainda que a ambientação siga um mesmo esquema de cores e materiais, o piso mais claro forma um zoneamento subconsciente e mesmo estando “dentro” você tem a sensação de amplitude e liberdade da varanda.

Em apartamentos de dimensões menores, dois truques que fazem a sogra se mijar de inveja é transformar a pequena churrasqueira em uma lareira – é só baixar a altura da boca para deixar agradável aos olhos.

Ou também, se a largura permitir eu sempre gosto de levar a sala de jantar para lá e aí aquela piada de tiozão do pavê de “vamos almoçar fora” vai ser eternamente válida.

E você, quer um espaço para chamar de seu?

Conta pra gente cons comentários.

Até mais,

Lelo

Leia também...

Deixe um comentário