Vamos fazer uma jantinha lá em casa?

O ato de receber amigos em sua casa é uma atitude grandiosa porque você está literalmente abrindo seu lar, sua intimidade para pessoas que você confia nessa reciprocidade. Claro, você convida pessoas que são suas amigas, te querem bem e que você terá um tempo prazeroso ao lado delas.

De qualquer forma alguns códigos de formalidade podem ser adotados onde a comunicação será o elo principal para não tornar este evento desastroso. Às vezes uma simples atitude inadequada por uma das partes pode se tornar numa lamentável confusão. Por exemplo, posso levar meu filho de 2 anos? Você gostaria que eu levasse a sobremesa ou um vinho? Vocês comem carne de porco? Podemos fazer aqui uma lista imensurável de suposições que podem arruinar seu jantar. Então, aquele lema “ o combinado não sai caro” é ainda a melhor forma de garantir, ou quase, um encontro agradável. Algumas dicas dos pecados mortais contra a arte de bem conversar segundo Jonathan Swift: desatenção de quem ouve, mau hábito de interromper, vontade de dominar a conversa, vício de sempre querer fazer graça. Mas isso vale pra vida toda não só na hora do jantar, você não acha?!

Escolhas…

Qualquer convite para receber amigos em sua casa começa na própria escolha da turma. Já passou pela sua cabeça que algumas turmas não combinam? É isso mesmo, você pode encaixar-se em diversas turmas, mas você não pode exigir isso de seus amigos. Então este momento é crucial, acerte nas escolhas. Não só em quais amigos, mas também na quantidade. Cada casa tem suas peculiaridades, mas acho o número oito (no total, contando com você) um número super saudável e que deixa o encontro íntimo. Caso tenha alguma restrição de horário em seu condomínio é bom já deixar combinado o horário de término do jantar com seus convidados…não, não é deselegante!

Chegada…

Os anfitriões devem estar atentos ao sinal de chega de seus convidados para que possa recebê-los à porta, dar boas vindas e bom divertimento. Durante o evento será de bom grado manter conversas amenas e não muito longas mesmo porque é hora de descontração. Como você já fez uma prévia se existe alguém alérgico ou intolerante com algum alimento, prepare o jantar com antecedência para que você não se ausente demasiadamente do local da reunião. Caso na sua casa tenha um cozinha gourmet isto fica mais fácil e o entrosamento será genuíno.

Aperitivo…

Tenha um aperitivo inicial tipo canapés, queijos, salames, presunto parma, amendoim entre outras mil variedades para aquele que saiu do trabalho e foi reto para sua casa. Isso ajudará a aguardar a chegada de todos antes do jantar. Durante este período você já deve estar servindo as bebidas: águas, chás, sucos, refrigerantes e as alcoólicas também.

Bedidas…

Em relação a bebida as mais usuais e que cobrem o gosto geral é a espumante e o uísque. O espumante você terá que ter as duas opções brut ou doce. A demi sec nem sempre agrada os dois paladares. Ou ainda tenha uma espumante brut e um suco de pêssego que você irá agradar o paladar adocicado fazendo um coquetel chamado Belini (uma dose de suco e complete a taça com espumante, gelo a gosto). Temos ainda outras bebidinhas do momento como o Clericot e o Aperol (veja receita AQUI) que para dias quentes são excelentes maneiras de agradar o paladar da mulherada. Bom, já deu pra ver que cerveja não é meu forte, entretanto tenha uma boa gelada pois sempre terá cervejeiro entre os convidados. Sou uma amante de vinho e não nego este caso de amor. Antigamente você tinha que iniciar com um vinho e ter várias garrafas do mesmo durante todo o jantar. Ainda bem que essa prática saiu de moda, já imaginou ter que degustar de um tipo de uva que não lhe agrada durante a noite toda?! Não vamos aqui dar aulas de vinho ou tipo de uva, mesmo porque vinho é pessoal e intransferível, igual a sua digital. O preço também tem para todos os bolsos. A única dica essencial é que você inicie o jantar com um vinho mais leve e vá incorporando as garrafas ao longo da noite. Além de termos quinzenalmente aqui no Site, excelentes dicas sobre vinhos da Especialista Keli Bergamo, existem boas lojas de vinho que saberão te dar esta composição.

Todos à mesa…

Voltando ao nosso cardápio, após o aperitivo você já pode dar início ao seu jantar. Os anfitriões são os últimos a se sentarem à mesa e serão responsáveis pela reposição das bebidas durante todo o jantar, a não ser que você tenha alguém designado para esta função. Finalize com uma boa sobremesa, a sim ela é muito bem vinda! Caso não seja o seu forte fazer sobremesa, compre uma variedade de chocolates e traga-os à mesa em uma bandeja bonita acompanhados de um vinho do porto ou cointreau (licor triple sec). Isto para fechar com chave de ouro.

Enfim, espero que seu próximo jantar seja ainda mais divertido, descontraído, com pouquíssimas gafes mesmo porque ninguém é de ferro.

Seja feliz!!!

Leia também...

Deixe um comentário