Usando as etiquetas das suas roupas a seu favor!

Para compreender e analisar o tecido das roupas que você veste, precisamos conhecer como ele foi fabricado, de onde vem a sua matéria prima. Você não precisa ficar um expert no assunto, mas entender o que se espera de cada peça, de como armazená-la e como limpá-la já serão ótimos indicadores de peças melhor conservadas e de maior durabilidade.

tecido

 

Então vamos lá:

 

♦ Você encontrará o tipo de fibra que o tecido foi fabricado nas etiquetas das suas roupas…composição:

-FIBRA NATURAL:

  • Algodão
  • Linho
  • Seda

-FIBRA ARTIFICIAL:

  • Viscose
  • Acetato
  • Modal
  • Raiom

-FIBRA SINTÉTICA:

  • Poliéster
  • Acrílico
  • Poliamida

O que esperar de cada uma delas:

  • ALGODÃO:

Conforto, maciez, durabilidade mediana, fibra que mais mancha, fio 30 é o melhor, toque agradável, não alérgico, não deforma ao usar o ferro de passar roupa, boa resistência à lavagem, não forma bolinha.

  • LINHO:

Absorve a umidade mais que o algodão, dura mais que o algodão, fibra rústica e dura, super resistente ao ferro de passar, máquina de lavar roupa e seca rápido, amassa muito, caso a peça tenha usado tecido pré encolhido você não terá problema.

  • LÃ:

Térmica, encolhe se lavada com água quente, cuidado ao usar ferro pois a fibra é sensível, em geral está presente em peças estruturadas como blazer então devem ser lavados em lavanderia profissional, toque macio e suave.

  • SEDA:

Propriedades nobres, antibacteriana, não apodrece, não deforma, não amassa com facilidade, lavar a mão.

  • VISCOSE:

Encolhe muito, faz bolinha, pode manchar, toque macio, caimento fluído, desbota facilmente, excelente absorção de umidade.

  • POLIESTER:

Nunca mudará sua cor, consegue imitar quase todo tipo de tecido, dos anos 60 para cá sua qualidade aumentou muito, inimigo do ferro, custo mais baixo, absorve pouquíssima umidade, não amassa, resistente ao desgaste, resistente à formação de bolor.

  • POLIAMIDA:

Melhor que o poliéster, parece com o algodão, muito usada na linha fitness, não amassa, excelente transpiração, inimiga do ferro, resistente ao uso.

  • ACRÍLICO:

Excelente isolante térmico, não alérgica.

♦ Mistura de fibras

Outra coisa interessante que as composições podem ter 2 ou até mais misturas e neste caso vale a lei de quem tem a maior porcentagem, será as características mais apresentada na peça. Por exemplo: 70% algodão e 30% poliéster, neste caso você terá as principais características do algodão. E terá também outras utilidades como peça fresca mas que não amassará tanto e não causará muito odor.

581519108851605

Essas misturas vieram muitas vezes para baratear o custo da mercadoria, ou aumentar sua durabilidade e até mesmo melhorar sua aparência.

É muito importante observar sempre a etiqueta que vem internamente nas suas roupas, sim aquelas que a gente costuma cortar, para sabermos como lavar, estender, secar e passar. Os fabricantes não colocam estas informações à toa, elas são sim informações valiosíssimas para preservarmos nossas roupas.

♦ Então qual é a melhor fibra?

Essa pergunta você deve fazer ao seu estilo de vida, ao seu guarda roupa e principalmente o quanto você quer que dure esta peça. Quero durabilidade, vou para fibras sintéticas. Quero conforto, vou para as fibras naturais. E assim por diante.

Boa sorte nas suas escolhas!

Leia também...

Deixe um comentário