Turismo no Paraguai

Turismo é uma das coisas que a gente mais quer fazer e definitivamente não pode nesse período de afastamento social. O país fechou as fronteiras faz bastante tempo. Por lá a quarentena é obrigatória e somente agora, depois de 40 dias, é que o comércio recebeu autorização para iniciar um processo de reabertura lento e controlado.

Mas como tenho fé de que com disciplina tudo isso irá melhorar antes do que prevemos, resolvi falar sobre alguns dos muitos locais no Paraguay onde o turismo também é maravilhoso, não tão famosos quanto os destinos de compras (Ciudad del Est, Pedro Juan Caballero e Salto del Guairá) contudo, muito importantes e super legais.

Palácio de Los López

Localizado em Assunção, o palácio foi construído como residência de Francisco Solano López, o 2º presidente do Paraguay (1862-1870). A obra que reuniu arquitetos, engenheiros e artistas de diversas partes do mundo ocorreu entre 1857 e 1867, como a construção ficou pronta durante a Guerra Brasil x Paraguay acabou nunca sendo habitada pelo Francisco, que morreu em batalha, no ano de 1870.

O Palácio, tomado pela tropa brasileira após a guerra, abrigou o exército do BRasil de 1870 até 1876. Ficou abandonado por anos e em 1892, após uma reforma, foi transformado em sede do governo que é sua função até hoje.

Ele foi pintado de branco um tempo – fato que me deixou perdidinho e precisei da ajuda de um amigo para saber qual imagem postar – mas já voltou para a cor original. Gracias Carlito! <3 História mais completa na Wikipedia AQUI.

Saltos del Monday

Aqui pertinho da fronteira de Ciudad Del Este, os Saltos del Monday tem 120 metros de largura e 40 metros de altura. Oferecem passeios contemplativos e rapel.

Eco reserva Mbatoví

Reserva ecológica de iniciativa privada, está localizada a 72km de Assunção, em uma região de cordilheiras com paisagens lindíssimas. Por lá o complexo oferece passeios contemplativos e esportes como trilhas e rapel.

Costanera de Encarnación

Na fronteira do Paraguay com a Argentina (Posadas) está um dos desenvolvimentos mais agitados do país. São 27km de avenida que margeiam o Rio Paraná, perímetro onde estão três praias de água doce e complexos de restaurantes e outras atrações assim como também estimulam o turismo nas…

Ruínas Jesuítas de Trinidad de Paraná.

Construída a 28 quilômetros de Encarnación, uma das últimas e maiores ruínas das missões jesuítas em torno do Rio Paraná, esse complexo inaugurado em 1706. A aldeia chegou a abrigar 3000 índios Guaranís em 1728 e ficou perdida durante 200 anos após o declínio dos jesuítas. Declarada Patrimônio mundial da Unesco em 1993 ela possui algumas das maiores construções desse período, formada por torre, praça, igreja e muitas casas com arcos voltados para a praça.

Como podem perceber este jovem país com (quase) 209 anos tem muito a oferecer.

Até a próxima, bença!

Leia também...

Deixe um comentário