Olá meu amores,

Último post do ano. Último post como moradora de New York City. Este 2015 foi repleto de coisas maravilhosas, grandes surpresas e conquistas. Como prometido, esta semana vou falar um pouco sobre o visto de trabalho aqui nos Estados Unidos.
Existem alguns tipos de visto de trabalho (H-1B, H-2B H-3) mas eu vou focar no visto de trabalho que eu tenho experiência: H-1B.

Como funciona o visto H-1B?

O visto H-1B (ocupação de especialista) é requerido por funcionários que pretendem viajar aos Estados Unidos numa função profissional pré-contratada. Para qualificar-se, o estrangeiro precisa ter no mínimo formação universitária (graduação) em um programa de quatro anos, ou certificação profissional com habilidades diferenciadas. É responsabilidade do USCIS (Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos) determinar se o emprego se trata de uma ocupação de especialista e se o estrangeiro está qualificado para executar tal função. Antes de submeter a petição de trabalho (formulário I129-4) junto ao USCIS, o empregador deve apresentar um pedido de condição de trabalho junto ao Departamento do Trabalho, relativo aos termos e condições contratuais.

O que fazer para conseguir o visto H-1B?

Como na explicação acima, a pessoa que pretende viajar para os EUA com visto H-1B precisa, primeiramente ser contratada por uma empresa america. Esta empresa – o empregador – deve apresentar um pedido de condição de trabalho junto ao Departamento do Trabalho, relativos aos termos e condições de trabalho. Resumindo, o empregador deve comprovar que o candidato é ápito ao cargo.

No meu caso, como eu já estava estudando nos EUA eu consegui um estagio – na atual emempresa que trabalho – e depois de 6 meses estagiando (ainda com visto F-1) o empregador me ofereceu um cargo remunerado e nós estramos com a papelada para o H-1B*.

* vale lembrar que após graduação em Universidades americanas, o estudante tem o direito de trabalhar por um ano com o status de OPT (mas ainda com visto F1). Então eu somente entrei com o processo de visto de trabalho depois de um ano de OPT na mesma empresa.

Quanto custa para tirar o Visto H-1B?

Os valores dependem muito de cada caso, pois dependendo do tamanho da empresa tem outras taxas adicionais. Custos com advogado sairão em torno de $2000,00-$3000,00 e taxas – que a empresa deve pagar – sairão em torno de $3000,00. Grandes empresas geralmente pagam todo o processo, até mesmo o advogado, mas empresas pequenas geralmente não pagam o advogado.

Quais os requerimentos?

1- Relação empregador-empregado com a empresa americana que fará a petição (empregador), ou seja, ter uma oferta de emprego.

2- Uma formação de – pelo menos – um Bacharelado relacionado com o cargo ou experiência trabalhando na área (comprovando um mínimo x de anos de trabalho)

3- Comprovar que o cargo está relacionado com a formação universitária do empregado informando detalhes do cargo e toda a apresentação da empresa (tipo de empresa, serviços oferecidos e etc.)

4- O empregador deve oferecer um salário que está de acordo com o cargo e a localização geográfica. Eles utilizam dados do Ministério de Trabalho para verificar qual o salário mínimo de uma pessoa no cargo X na cidade/estado Y. Ou seja, a empresa deve ter recursos para lhe pagar – pelo meno – este salário mínimo.

Quando devo fazer o pedido de visto?

Após aprovado pelo Ministério do Trabalho americano, a petição deve ser enviado ao USCIS no dia 01/04. É importante lembrar que o visto de trabalho é limitado à 65.000 ao ano então deve-se mandar a petição e toda documentação no primeiro dia que as vagas abrem (todo ano dia 01/04).

Quanto tempo demora para sair o resultado se o visto foi aprovado ou não?

Depende muito de cada caso, mas o meu demorou uns 2 meses.

Quanto tempo dura um visto H-1B?

O visto dura três anos e pode ser extendido para mais três anos.

Eu posso entrar e sair dos EUA sem problemas?

Sem problema algum. Lembrando que se você fez todo este processo nos Estados Unidos (assim como eu) ainda existe a necessidade de ir ao Brasil, apó início do visto H-1B (sempre começa em outubro), e fazer a entrevista no consulado americano para receber o visto no passaporte.

Eles também pedem para levar consigo uma carta do empregador comprovando que você ainda trabalha para a empresa mas está de férias, os últimos três pay stubs (recibos de salários),  comprovante que visto foi aprovado e toda a documentação para o pedido de visto.

É isso aí galera. Espero que tenham gostado do post e se tiverem alguma dúvida podem me mandar mensagem. Aproveitem esse restinho de 2015 e que venha 2016 repleto de boas energias!

Leia também...

Deixe um comentário