Rinite alérgica

Será que seu filho tem Rinite alérgica?

Doutora, meu filho vive resfriado!!!!

Então… resfriado é de caso viral e não é possível alguém “viver resfriado”. Se os sintomas são muito frequentes temos invariavelmente que pensar numa RINITE.

Rinite alérgica tem necessariamente um fundo imunológico, alérgico. Há de se definir alergia a quê NEM TODA RINRITE É ALÉRGICA!

Os lactentes, por exemplo, com frequência apresentam sintomas nasais conhecidos como Rinite do lactente mas não se trata de alergia. Eles ainda não dispõem da maturidade imunofisiológica para apresentarem uma rinite de causa alérgica.

Quando suspeitar que seu filho tenha Rinite alérgica?

  • Nariz entupido com frequência e escorrendo.
  • Crises de espirros sobretudo matinais.
  • Coceira no nariz, olhos, céu da boca ( fazem um rumor peculiar) e até mesmo nos ouvidos.
  • Respiração bucal – dormem de boca aberta inclusive, roncam e o travesseiro acorda molhado de saliva. Isto é, utiliza-se mais do nariz para respirar do que da boca.

CASO SEU FILHO APRESENTE TAIS SINTOMAS PROCURE UM MÉDICO POIS PROVAVELMENTE ELE SOFRE DE RINITE E NECESSITA DE UM CORRETO DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO.

O que é a Rinite alérgica?

É uma inflamação do nariz e dos seios paranasais, de origem alérgica.

A pessoa com Rinite alérgica apresenta uma sensibilidade exagerada a substâncias presentes no ar chamadas de aeroalérgenos. Os mais comuns são os ácaros da poeira doméstica, epitélios de animais, pólens, fungos e alérgenos de baratas, agentes irritantes como de fumaça de cigarro, odores fortes, perfumes e poluição atmosférica costumam agravar os sintomas.

As mudanças bruscas de temperatura e variações térmicas amplas como temos vivenciado no último mês também são importantes gatilhos para a piora dos sintomas de rinite.

A rinite pode causar outras doenças?

Sim, com certeza a criança com Rinite alérgica está mais predisposta a outros processos sobretudo infecciosos caso não seja tratada a alergia de base.

O nariz, os seios da face, os ouvidos e a garganta estão intimamente ligados pois a mucosa – tecido de revestimento interno – é a mesma. Quando um deles está alterado os outros também se alteram. Sendo assim se tornam frequentes os casos de Sinusites, Otites e Faringoamigdalites em crianças com Rinite alérgica.

Existe cura para a Rinite alérgica?

A Rinite alérgica tem tratamento mas não tem cura.

A sensibilidade da pessoa alérgica é chamada de atopia. É uma maneira individual hereditária de o organismo reagir formando substâncias chamadas anticorpos específicos contra substâncias consideradas estranhas a ele, isto á, os alérgenos. Não é possível que um indivíduo alérgico consiga mudar sua condição, porém com um tratamento adequado geralmente ocorrem melhoras muito significantes chegando ao desaparecimento por completo dos sintomas.

Como se trata Rinite alérgica?

Para se obter sucesso no tratamento da Rinite alérgica vários passos são importantes. Antes de mais nada se deve estabelecer a causa da rinite. Testes alérgicos (prick testes – testes de alergia) são realizados para determinar a sensibilização individual aos alérgenos (substâncias capazes de gerar alergias).

Deve-se evitar o contato com substâncias que causam alergia sobretudo os ácaros da poeira. O controle ambiental se faz necessário no combate às alergias. Casas bem arejadas e uso de pano úmido na higiene diária são fundamentais.

O tratamento medicamentoso se faz necessário para dar alívio aos sintomas já instalados. Trata-se do uso de antialérgicos via oral, higienização nasal e sprays nasais a base de corticoides nasais isolados ou associados a anti-histamínicos.

O tratamento com vacinas tecnicamente chamado de imunoterapia específica pode ser realizado de forma injetável subcutânea ou mesmo sublingual e somente o profissional Alergista está apto para sua indicação e acompanhamento. Esses tratamentos têm duração de 3 a 5 anos e a avaliação clínica periódica se faz necessária.

Importante ressaltar que o único profissional apto e com formação profissional adequada para realizar testes alérgicos e Imunoterapia é o ALERGISTA portanto procure as opções adequadas e profissionais preparados para o seu tratamento.

Em caso de dúvidas entre no site   www.asbai.org.br e constate se o profissional é de fato um Alergista apto a cuidar de você e de seus entes queridos.

Até mais . Não se deixe enganar.

Leia também...

Deixe um comentário

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.