hipócritas

Ser ou Não Ser, Eis a Questão.

Ser ou não ser, eis a questão – Parafraseando Hamlet, na linda obra de William Shakespeare, esta expressão define de forma contundente o que está por trás de um comportamento humano bastante complicado: a hipocrisia. Vivenciando este fato nesses últimos dias, senti tamanha necessidade em escrever sobre o tema.

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DAS PESSOAS HIPÓCRITAS

Não têm coerência entre o que dizem e fazem: Essa é a característica mais marcante de um hipócrita, é bem comum vê-lo fazendo discursos sobre temas ligados à moral e, em seguida, descobrir que o próprio não cumpre o que está pregando.

Acreditam que as regras só se aplicam aos outros: Por se acharem acima dos demais, os hipócritas pensam que não precisam seguir regras, sejam as de convívio social ou, até mesmo, leis. Fazem o que bem entendem, buscando se dar bem sem se preocupar com os outros.

Terceirizam a culpa pelos seus erros: Os hipócritas não assumem seus erros, eles apontam culpados. Se fazem uma cena de ciúme, por exemplo, dizem que a responsabilidade é da pessoa que causou aquele sentimento e não deles mesmos.

Não admitem que apontem seus erros: Por conta de seu ar de superioridade, os hipócritas não admitem que terceiros apontem as suas falhas. Se alguém faz isso, dão um jeito de inverter a situação para continuarem passando como inocentes.

Têm desculpas para tudo: Para fugirem da responsabilidade por suas ações, os hipócritas têm sempre uma desculpa para tudo. Muitas dessas desculpas são descabidas, mas eles falam com tanta certeza que algumas pessoas acabam acreditando.


POR QUE PESSOAS HIPÓCRITAS JULGAM?

O julgamento é um mecanismo de defesa, uma tentativa desesperada de afastar de si o que considera errado, ruim ou imoral e que vê espelhado pra si no comportamento do outro.

O hipócrita julga quando vê o seu próximo fazendo ou sendo àquilo que tem vontade, mas não tem coragem de ser ou fazer, neste caso o que alimenta a hipocrisia é o sentimento de inveja.


O HIPÓCRITA E O RELACIONAMENTO INTERPESSOAL

O hipócrita nem sempre sabe que é um hipócrita, acredita que os fins justificam os meios, não pensa nas possíveis consequências que e este pensamento possa ter, tem valores sociais e pessoais distorcidos.
O hipócrita sofre, pois força-se a ser aquilo que não consegue ser, comete uma violência consigo mesmo.

Com o tempo, perde-se sua “essência”, não sabe mais quem é, o que o define, levando-o a uma crise de identidade.

Não consegue sustentar seus fingimentos o tempo todo e a todo momento, logo, os que estão em sua volta percebem, gerando desconfiança na pessoa.

Voltando a frase de Hamlet “…Ser ou não ser, eis a questão…”, eis o dilema por trás do comportamento hipócrita, na dúvida seja, desde que mantenha princípios éticos e não venha a prejudicar seu próximo, seja, seja seja!! Não cometa essa violência consigo mesmo, não deixe a hipocrisia marcar você, não se torne a hipocrisia.

Importante ressaltar, para além do juízo moral que se possa fazer do hipócrita, existe uma pessoa em sofrimento, vivendo dilemas que não estão sendo bem administrados, e aí a psicoterapia se torna uma ferramenta importante e libertadora.

Leia também...

Deixe um comentário

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.