Segredos do Pudim

A sobremesa unanimidade entre os papais, é sucesso garantido para este domingo!

Anota essas dicas pra fazer bonito com seu papai:

1. Para obter uma textura lisinha, misture os ingredientes com batedor manual, para não aerar a massa e depois asse lentamente em baixa temperatura, em torno de 180ºC.

2. Faz questão dos furinhos? Então bata a massa no liquidificador e asse em forno alto.

3. No forno, jamais dispense o banho-maria: é esse procedimento que garante a textura cremosa. O ideal é encher a assadeira com agua com até 2/3 de água, se precisar, reponha com água já quente, na mesma temperatura.

4. cubra a fôrma com papel-alumínio para não formar uma crosta no pudim durante o cozimento

5. Depois de gelado, passe uma faca sem ponta nas laterais e em seguida, leve a fôrma diretamente ao bico do fogão, para que a calda amoleça. Aí é só virar!

Calda de pudim perfeita?

Tome nota:

1 – a proporção ideal para uma calda com consistência perfeita é de uma medida de açúcar para meia medida de água. (Se você tiver uma balança, a medida é de 35g de água para 110g de açúcar).
2 – coloque o açúcar em uma panela e despeja a agua, sem mexer e leve ao fogo baixo, para que o açúcar derreta, quando julgar necessário mexa a panela ( a panela mesmo, sem colheres). Deixe ferver até virar um caramelo.

3 – despeje na forma de pudim. Espalhe nela por completo.

4 – Deixe o caramelo esfriar (pode ser na geladeira).

Obs: A calda deve ficar firme, mas levemente maleável, pois se líquida, irá se misturar ao pudim.

E por fim, os ingredientes do preferidinho Brasil afora:

• 1 lata de leite condensado;
• 1 lata de leite – use a medida da lata;
• 3 ovos.

Tão fácil, tão simples, tão certeiro! Faça e arrase!

Leia também...

Deixe um comentário