Hoje vamos falar de algo mais leve, que aparece nos cardápios nas mais diversas formas diferentes, as SALADAS. O hábito de comer “essas folhinhas” vem de milhares de anos atrás. Romanos, gregos e egípcios já consumiam uma variedade de folhas em suas refeições, que inicialmente eram “temperadas” com um pouco de sal. Mas foram os romanos que começaram cobrir suas saladas com um molho que era bem parecido com o vinagrete que conhecemos hoje.

Frescor e variedade são as características principais para o preparo de uma salada de qualidade, que pode ser servida como entrada, acompanhamento de prato principal ou como item principal numa refeição considerada “leve”. Geralmente acompanhada com molho que serve para acentuar o sabor da salada, além de combinar os ingredientes entre si.

No Brasil, temos uma grande variedade de folhas, cujos sabores variam do suave ao picante, do amargo ao doce, nas mais diversas texturas, com várias cores que passeiam entre verdes, vermelhos e roxos. É essa mescla de sabores, texturas e cores que transformam a salada em um prato atrativo, saudável e saboroso.

SALADAS VERDES (simples):

As saladas verdes, também conhecidas como salada mista ou salada jardineira, são feitas com uma ou mais verduras frescas, misturadas com um molho, podendo acrescentar guarnições como queijos, vegetais ou croûtons (pequeno pedaço de pão frito ou assado com óleo, azeite ou manteiga).

  • Verduras leves: alface comum, alface romana, alface lisa, alface americana.
  • Verduras amargas: escarola, alface frisèe, rúcula, agrião, radicchio, endívia.
  • Verduras picantes: folhas de mostarda, mostarda japonesa.
  • Ervas: cebolinha, coentro, manjerona, hortelã, salsinha, orégano, alecrim, sálvia, tomilho, manjericão.
  • Flores comestíveis: consumir apenas aquelas designadas ao consumo humano, pois são produzidas sem produtos químicos ou tóxicos. Calêndula, cravo, amor-perfeito, rosa, violeta, lavanda.

Salada verde

SALADAS DE ACOMPANHAMENTO

São saladas que acompanham alguma produção, como grelhados, frituras, agregando sabor e textura ao prato. Devem ser escolhidos ingredientes que se harmonizem entre si, que completem o prato, sem disputar sabor com o item principal a ser servido.

  • Salada de vegetais: exigem algum tipo de pré-preparo, como ralar, cozinhar, aparar. Cenoura, beterraba, alho-poró, cebola, brócolis, vagem.
  • Salada de batata: tem como ingrediente a batata cozida acompanhada de um molho mais gorduroso.
  • Salada de pasta e grãos: preparada com macarrão e grãos cozidos.
  • Salada de legumes: feijões, soja, ervilha. Devem ser cozidos até ficarem macios e depois esfriados no próprio líquido do cozimento. Cuidado com a textura.
  • Salada de frutas: melão, abacaxi, morango, maça, mamão, banana, framboesa.

salada de acompanhamento

SALADAS COMPOSTAS

Os ingredientes são colocados cuidadosamente no prato ao invés de serem misturados. Normalmente há um item principal (que pode ser camarão ou frango grelhado, uma porção de queijo ou vegetais grelhados), colocado sobre uma “cama” de folhas temperadas.

Os elementos selecionados devem combinar entre si, com sabores, texturas e cores que se contrastem entre si e que possam se destacar por conta própria e serem degustados separadamente.

salada composta de camarao

 

HIGIENIZAÇÃO

Antes de serem consumidas, devem ser lavadas, uma a uma, em água corrente para a remoção de toda a sujidade (pedrinhas, terra, areia…). Em seguida são colocadas de molho em uma solução de água (1 litro) com água sanitária 2,5% sem perfume (10 ml) por 15 minutos, com o objetivo de eliminar microrganismos. Retiradas a folhas do molho, devem ser lavadas em água corrente para a remoção do excesso de cloro, colocadas para escorrer o excesso de água em uma peneira grande ou em uma centrífuga manual, e secadas com papel toalha. Se as folhas higienizadas não forem consumidas, seque-as bem e armazene-as em um vasilhame com tampa forrado com papel toalha, guarde na geladeira.

Espero que gostem das receitinhas de hoje. Bom final de semana a todos e até semana que vem!!!!

 

SALADA MARROQUINA COM CENOURA E GRÃO DE BICO

  • 2 cenouras pequenas
  • ½ cebola roxa
  • ½ limão
  • 1 colher (café) de páprica doce
  • 1 colher (café) de canela em pó
  • ½ colher (café) cominho em pó
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • ½ dente de alho
  • 150 g de grão de bico
  • 10 folhas de espinafre
  • 1/3 de maço de rúcula
  • 3 tâmaras
  • 1 colher (sopa) de amêndoas em lâminas
  • 2 colheres (sopa) de iogurte natural sem açúcar
  • Sal à gosto
  • Azeite de oliva à gosto para regar
  • 1 colher (sopa) de melaço

 Modo de preparo

  1. Leve o grão de bico cozinhar em uma panela de pressão por 20 minutos depois que pegar a pressão. Desligue, retire a pressão da panela, escorra a água e deixe esfriar.
  2. Corte a cenoura e a cebola roxa em julienne (tiras finas).
  3. Pré-aqueça o forno a 180°C. Coloque em um vasilhame as cenouras, a cebola roxa, esprema o limão e adicione sobre a cenoura e a cebola, acrescente as especiarias, azeite, sal e alho cortado em brunoise (cubos pequeno). Mexa bem para que fique as especiarias uniforme. Espalhe sobre uma fôrma forrada com papel alumínio e asse durante 25 a 30 minutos, ou até ficar macio e ligeiramente caramelizado.
  4. Corte as tâmaras em julienne e higienize as folhas de espinafre e rúcula.
  5. Retire do forno e adicione o grão de bico e misture bem para revestir no óleo temperado.
  6. Tempere o iogurte com uma pitada de sal e azeite de oliva.
  7. Coloque o espinafre e rúcula numa tigela ou prato de servir e salpique sal e um fio de azeite de oliva. Cubra com a mistura de cenoura e grão de bico. Polvilhe com as tâmaras e as amêndoas e sirva com iogurte e um fio de melaço.

Salada marroquina

 

 SALADA GREGA

Ingredientes da salada:

  • 2 tomates
  • 1 pepino japonês pequeno
  • ¼ de pimentão verde
  • ¼ de pimentão amarelo
  • ½ cebola roxa
  • 40 g de queijo feta (ou branco ou minas frescal)
  • 5 azeitonas pretas sem caroço
  • 4 azeitonas verdes sem caroço
  • 6 alcaparras

Ingredientes molho

  • 6 folhas de hortelã frescas
  • 4 folhas de salsinha
  • 50 ml de vinagre de vinho tinto
  • 100 ml de azeite
  • Pimenta do reino preta moída a gosto
  • 1 colher (café) de orégano

Modo de preparo da salada

  1. Lave os tomates. Corte os tomates em meia lua.
  2. Lave o pepino japonês. Descasque-o, corte ao meio e corte em fatias finas longas.
  3. Lave o pimentão, retire as sementes. Corte-o em fatias finas longa.
  4. Corte a cebola em rodelas em meia lua fina.
  5. Misture todos os vegetais.
  6. Corte as azeitonas em fatias.
  7. Adicione a azeitona preta, a azeitona verde, as alcaparras o queijo feta em cubos médios.

Modo de preparo do molho

  1. Pique bem o hortelã e a salsinha e reserve.
  2. Bata o vinagre com sal e pimenta, depois de bem misturados adicione o azeite aos poucos até emulsionar.
  3. Adicione as ervas e ajuste o tempero.

Montagem

  1. Misture todos os ingredientes da salada, regue com o molho, misture bem.
  2. Coloque as folhas de Hortelã e Salsinha em cima da salada, antes de servi-la.

Salada grega

 

SALADA DE PÊRA, NOZES E QUEIJO ROQUEFORT

Ingredientes

  • 1 punhado de rúcula
  • 1 punhado de agrião
  • 5 colheres (sopa) de nozes
  • 100 g de queijo roquefort picado
  • 2 pêras maduras
  • 1 dente de alho
  • 6 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • 4 colheres (sopa) de vinagre de maçã
  • 1 ½ colher (sopa) de mel
  • 1 pitada de sal
  • Pimenta-do-reino preta moída a gosto

Modo de preparo

  1. Pique levemente as nozes.
  2. Lave bem as hortaliças e remova os talos. Pique as folhas e coloque-as em uma saladeira.
  3. Espalhe as nozes por cima das folhas e metade do queijo roquefort.
  4. No liquidificador, bata o alho com o azeite e o vinagre e tempere com o mel, o sal e a pimenta-do-reino. Despeje sobre a salada e misture bem com as folhas, as nozes e o roquefort.
  5. Corte as pêras (com ou sem casca) em quatro partes iguais e retire as sementes. Arrume as pêreas na saladeira e mexa com cuidado.
  6. Salpique o restante do roquefort e sirva.

Salada de pera

Beijinhos e beijões e até a próxima semana!!!

Leia também...

1 comentário

Avatar
tere 12 de março de 2016 - 00:14

Adorei a coluna Mariana.!!!

Responder

Deixe um comentário