Queijos e Vinhos

Com esse tempinho frio tem coisa melhor do que reunir os amigos ou família em casa e torno de um bom papo e um bom vinho?

Pois que tal preparar uma noite de queijos e vinhos bem bacana no final de semana?

Bem, como eu já falei por aqui, se você harmonizar seu vinho com o alimento seu prazer em degustá-los será, no mínimo, dobrado. A integração das sensações lhe proporcionará sensações deliciosas e é por isso que essas dicas são essenciais para uma noite deliciosa.

queijos e vinhos

–  Uma boa tábua deve ter queijos de diferentes sabores e texturas. Sem muitas regras, escolha seus favoritos mas cuide para que não fiquem muito parecidos.

– Acrescente dois ou três embutidos, um mais leve e outro mais condimentado formam uma boa dupla.

– Complemente com castanhas, frutas secas, geléias ou mel e uma fruta.

– Um bom pão é essencial para limpar o paladar entre um item e outro.

E os vinhos?? O ideal é servir um branco e um tinto que possam transitar bem entre tantos sabores.

Abaixo separei algumas dicas para os queijos mais usados:

– Brie e Camembert: A massa maturada apresenta agradáveis sensações de mofo combinadas com sabor doce, rico e intenso. Bons parceiros são vinhos especiados como os Shyraz ou os de baixo tanino como os pinot noir.

– Gorgonzola e Roquefort: Queijos estruturados, com mofo de sabor picante e amanteigado. O ideal são os vinhos doces, de colheita tardia ou se preferir vinhos “tranquilos”, a dica são os tintos mais tânicos como cabernet sauvignon ou malbec.

–  Gruyere: Brancos amadeirados como os chardonnays de Chile e Argentina ou um tinto leve como Pinot Noir.

– Parmesão e outros queijos duros: Espumantes ou vinhos tintos encorpados e com bom teor alcoólico.

Na dúvida? Vá de espumante!!

 

Capriche na montagem dos itens e aproveite o bom papo!

Até a próxima coluna, Keli Bergamo.

Leia também...

Deixe um comentário