Prós e contras de uma tatuagem em traço fino

Hoje eu venho contar alguns segredinhos do que você deve analisar pra saber se o traçado de um determinado profissional é “bom”, como saber se o trabalho foi bem executado e se houve imperícia técnica durante o procedimento da tatuagem ou descaso da parte do cliente na hora dos cuidados em caso de alteração no resultado final. Curioso?

Como a pele trabalha

Eu gosto de comparar a pele com um conjunto de pixels. Quanto melhor seus cuidados com a própria pele com o passar dos anos, melhor a consistência desses “pixels”.

Veja mais em ycoiado.ink

Vemos aqui a importância de manter a pele sempre hidratada, com uma alimentação balanceada, ingerir muito líquido, manter regular a ingestão de colágeno… afinal, é a falta deste que faz a pele envelhecer e não segurar mais a tinta inserida na pele, fazendo com que o traçado borre com o tempo. (leia mais sobre a cicatrização aqui)

Procedimento da tatuagem (agulhas/máquinas)

Para tatuar, cada espessura ou aplicação de pintura é feita com um material específico. Os traços partem de uma agulha, a pintura em jogos a partir de 5 agulhas, fora o que chamamos de “bucha”, uma agulha de ponta mais aberta, usada tanto para traçar quanto para acabamentos.
Quanto mais fina a agulha, mais ela samba dentro do grip na máquina, portanto, maior a vibração que recai nas mãos. Temos no mercado máquinas que reduzem essa sensação, as rotativas. Porém, uma vez traçada a linha, se reforçada ela deixa de ser fina. Fica aqui a importância de conhecer o traço do tatuador que você procura para esse tipo de técnica.

Trabalho realizado em uma agulha de três pontas ou, como chamamos, 3RL, em uma máquina de bobina (troy da Paulo Fernando). Veja mais trabalhos como este ycoiado.ink

Aplicação

Devido ao citado acima devo salientar que: não é todo profissional que faz fineline, menos ainda um fineline de qualidade. Vemos muito do que chamamos de “traço peludo” no mercado.. tremido, não contínuo.. se a proposta for um desenho mais na pegada sketch, ok. Mas se a ideia é a de um desenho minimalista, é importante dar aquele “zoom amigo” nas fotos do portfólio pra ver a qualidade da aplicação do profissional 😉
Veja mais em ycoiado.ink

O traço pode estourar?

A melhor dica que eu dou a vocês: observem sempre o fundo do traçado. Se a pele ameaçar ficar roxa, com aspecto de machucado, muito provavelmente aquele traço foi aplicado com imperícia técnica, onde a agulha foi mais funda do que deveria e pode estourar já logo após o procedimento.
Tenha sempre em mãos fotos da sessão recém-feita pra auxiliar a vocês a comparar durante o processo de cicatrização.

Veja mais trabalhos como este em ycoiado.ink

O traçado fino também pode modificar durante o período de cicatrização, se a tatuagem for mal cuidada pelo cliente. Digo e repito sempre:
não gerem atrito sob a área tatuada, cuidem com os produtos usados nessa etapa da cura, não se exercitem nos primeiros 15 dias, no mínimo para que a pele não trabalhe, não usem roupas justas ao longo da primeira semana, não esfreguem com força ao higienizar.
Traço delicado nós tratamos com delicadeza. Tudo o que você faz na pele impacta no resultado final da sua tatuagem! (leia mais aqui)
Uma tatuagem bem cicatrizada teve uma boa ação 50-50%. Nós, profissionais, devemos ter o cuidado na aplicação e ao orientar devidamente os cuidados a vocês. E vocês, clientes, devem cuidar com esmero do investimento feito. Tatuagem é pra vida e não é brincadeira!
Na dúvida, pergunte ao profissional locais que geram menos atrito e são mais indicados para trabalhos em fineline.
Eu costumo dizer que em cima de pele muito fina, o trabalho tende a expandir com maior facilidade (pés, costelas), que em áreas de atrito com a roupa do dia a dia também (altura da calça na barriga, ombros, escápulas). Novamente, vai muito do seu cuidado contínuo com a pele. Tatuagem é pra vida, os cuidados também! (mais curiosidades aqui)

Veja mais em ycoiado.ink

Cuidados especiais

O que difere nos cuidados com uma tatuagem de traço mais espesso, é a sutileza nos detalhes. É importante não deixar a tatuagem fazer casca, senão o traçado pode vir a sair junto na cicatrização e vc ter uma tatuagem falhada.
Do contrário, se vc dorme em cima ou gera atrito, o traçado pode expandir. Com os anos é natural, toda tatuagem modifica e exige manutenção (colágeno, lembram?!). Mas ela recém-feita deve cicatrizar perfeitamente.

Manutenção

A manutenção de um traço depende muito do seu incômodo em relação a ele. Muito gente não se importa se o traço estiver desbotado, falhado ou estourado. Uma boa média que eu costumo passar é de 7 anos, se estiver falhado. Nesse caso um retoque ou reforma ajudam.
Já no caso de traço que estourou, não existe milagre gente! Pode-se até “camuflar” com tintas as cores que borraram, mas isso é um cuidado efêmero. O ideal sempre é a busca por um procedimento que vá prolongar a vida útil da sua tatuagem. Meu melhor conselho sobre: façam algumas sessões de remoção à laser, e se quiserem futuramente cubram a área e refaçam o desenho/escrita em outro local. Tatuagem velha não volta a ser nova. Podemos até tirar o foco, mas nunca deixar como novo outra vez.

Minimalismo

Sabendo de todos os prós e contras dessa técnica , termino o post de hoje valorizando quem se empenha a apresentar um traço cada vez mais impecável.

Trago aqui uma brincadeira: pegue uma caneta e faça um traço no papel sem régua. Observe se o traço saiu uniforme, se falhou, e caso vc tenha precisado retraçar se ele continuou fino.
Essa é a nossa dificuldade diária, um trabalho que não dá margem pra erros, coisa que às vezes um traço mais espesso tem conserto. Valorize o seu profissional do coração!

Leia também...

1 comentário

Avatar
MARCIO ENDRIGO DO NASCIMENTO 5 de junho de 2020 - 11:00

Todos esses trabalhos que estão ilustrando o texto com os anos vão virar manchas ou borrões, devido a desencapsulacão do pigmento e exposição ao sol, infelizmente não tenho como postar foto de exemplos aqui mais pode ver no link.
https://www.tudointeressante.com.br/2017/05/20-antes-e-depois-que-mostram-o-efeito-tempo-nas-tatuagens.html

Responder

Deixe um comentário