Porcelanatos e suas diferenças.

Porcelanatos são muito comuns na casa dos brasileiros. Mas, com toda a variedade de pisos e revestimentos disponíveis no mercado é muito comum que surjam dúvidas na hora não apenas de escolher o tipo de piso (laminado, porcelanato, cerâmico, madeira, pedra…) E caso opte por alguns desses ainda teremos “subcategorias”.

Começaremos uma série, que será necessária para cobrir todo esse tema de pisos e os porcelanatos, que se fossem animais, seriam coelhos, vem na frente, por se reproduzirem avidamente.

Contando com um exército praticamente infinito de formatos, tamanhos, cores, desenhos e acabamentos vamos começar do começo. Segundo a titia Wikipedia:

Porcelanato é um produto cerâmico declarado pela Norma ISO 13006/NBR13818 com especificação BIa significando material prensado com absorção de água menor ou igual a 0,5 %[1]. Uma massa de Porcelanato é composta basicamente por uma mistura de argilas, feldspatos, areias feldspáticas e, às vezes, caulinos, filitos e aditivos, quando necessários.

Atualmente, o porcelanato domina o mercado mundial de revestimentos cerâmicos. É extremamente difundido nos grandes países produtores mundiais como ItáliaEspanhaChina e Brasil. Pode ser subdividido em duas grandes categorias: porcelanato técnico e porcelanato esmaltado.

Devido a sua característica de absorção próxima a zero, é necessário utilizar em seu assentamento argamassas (colas) especiais, ao invés das tradicionais massas de assentamento utilizadas para cerâmicas, pedras e granitos. Também cabe ressaltar que devido a sua dureza é necessário utilizar discos de corte ou dispositivos de corte com borda cortante diamantada.”

Os porcelanatos surgiram na Europa no início de 1980, e aterrissou em Terra Brasilis uma década depois, virando campeão de vendas rapidamente.

Agora sobre uma das diferenças do produto porcelanato: Ele pode ser chamado de “técnico” ou “esmaltado” sobre essas nomenclaturas, eu explico:

Os porcelanatos esmaltados recebem no final uma camada “extra” de esmalte. Alguns fabricantes clamam que esse tipo é mais resistente, entretanto a ABNT não os classifica com um nível de resistência diferenciado. Porém as superfícies que recebem estampas costumam ser esmaltadas pois a impressão é colocada sobre o esmalte e depois recebe uma segunda esmaltação.

Além dessas duas opções de “produção” temos diferentes acabamentos que se referem a face do piso.

  • Polido ou Esmaltado: Esse tipo de produto é liso e facilmente identificável por ser brilhante. O processo de polimento pode fazer com que o material fique bastante escorregadio em contato com a água, logo, indicamos que se empregue essa opção em locais secos, como salas, quartos e ambientes corporativos.

  • Acetinado: Esse tipo de produto também é liso e tem uma superfície quase fosca. O processo de nivelamento dele é feito também por desgaste da superfície, mas com uma granulação maior sem deixá-lo brilhoso. Assim como o polido e o esmaltado, pode ser que o material fique bastante escorregadio em contato com a água, logo, indicamos que se eleja essa opção para o mesmo tipo de ambientes acima.

  • Natural: Tem uma aderência um pouco maior então fica pouco escorregadio e mantém facilidade de limpeza. Gostamos de sugerir estas escolhas para áreas como banheiros e lavanderias. Também sugerimos como opção para complexos comerciais e até mesmo industriais.

  • EXT: Essa é a abreviatura para Externo. É uma superfície que apresenta alta resistência ao escorregamento e, por ser bastante áspera, torna-se mais difícil para manutenção. Altamente eficiente em áreas externas e/ou próximas a piscinas.

  • Lapado: É um produto novo que combina mais de uma intensidade de polimento, geralmente imitando pedras naturais, com a peça geral acetinada ( brilho discreto) e veios com polimento mais intenso e aparente.

 

Acho importante pontuar que a absorção de todos os porcelanato é próxima de zero. Por isso eles são considerados mais duráveis que o piso cerâmico, e quando os comparamos com madeiras ou outros materiais desse nicho, a durabilidade é muito mais longa.

Qualquer dúvida, deixa seu comentário,

Beijo,

Lelo.

Leia também...

Deixe um comentário