Piscinas coloridas são uma realidade inegável. Ainda que no Brasil as mais diferentonas ainda fiquem – geralmente – em ambientes de hospedagem, temos muitas surgindo nas casas que já estão fugindo do padrão azul.

Claro, existem piscinas lúdicas, como estas:

 

Onde as cores formam algo divertido e muitas vezes também indicam profundidades diferentes, excelente para locais com visitação de crianças.

Acredito que quem abriu caminho para as piscinas coloridas foi a piscina branca. A partir delas, que estão disponíveis em fibra de de vidro , que é uma instalação mais rápida por exemplo, e a inclusão de luzes com controles de RGB, passamos a enxergar uma oportunidade de expressar nosso estilo também na área de lazer.

Como podem ver acima, acaba que com a água a piscina branca fica levemente azulada. Mas para não assustar logo de cara, vou mostrar uma opção que é o novo “azul piscina” que são os revestimentos azuis-esverdeados, meio turquesa. Cor de mar do caribe, sabe?

Atualmente esse é o tom de desejo entre 9 de cada 10 pessoas que constroem seu pedacinho de spa particular. Perceba que não é um tom monolítico, são diversos nuances que para mim tornam tudo mais convidativo. A pedra Hijau é a preferida para esse efeito.

Verde é um dos tons que mais me agradam em piscinas, defendo que eles dão um ar de “natureza” e se funde com o paisagismo de uma forma única transformando-se em parte da paisagem. Obviamente toda a jardinagem precisa ser tratada com mais carinho nessa opção.

De agora em diante vamos pisar em um território provavelmente novo para a maior parte da audiência. Entendam que ninguém está obrigado a gostar detudo por aqui. Apenas entender que é possível. E que venha o solstício das piscinas coloridas!

E vou começar com a MINHA cor favorita, que é apenas… roxo.

Talvez lavanda seja o nome mais adequado para essa piscina, e não eu não teria investiria em um revestimento nesse tom para a minha casa, mas eu amaria dar um tchibum em um clube, hotel ou etc que me oferece um mergunho na cor que me faz sentir feliz.

Voltando a atenção agora para os tons quentes, Amarelo me pareceu uma opção pouco “gostável”, entretanto a vibe de alegria que o tom exala me fez achar essa piscina da Ásia bem convidativa:

Laranja. Vou confessar aqui que é uma cor que eu tenho dificuldade em me relacionar.

Contudo é um nuance divertido e entendo que em ambientes educativos, academias e/ou centros de treinamento para atletas poderiam abusar da energia que a cor emana. É um espectro conhecido por suas propriedades estimulantes, o que o torna muito frequente nesse tipo de empresas.

Vermelho, ou coral. Super animado, outra vez um tom estimulante que está dentre a preferência de uma grande parcela de humanos. Eu gosto da vida que eletrizante que essa cor representa. Talvez, assim como o roxo, eu o empregasse em menores proporções ou em locais de hospedagem com alto giro de clientes.

E das piscinas coloridas a mais incrível é a que mistura todaas as cores. não, não é uma imagem pixelada de todas as cores, e a mistura de todas que como você bem aprendeu no primário quando misturamos os guache tudo, dá preto:

Me julguem, mas eu super me identifiquei mais com essa dentre as piscinas coloridas, digo pretinha.

Qual você gostou mais?

Até mais,

Lelo

Leia também...

Deixe um comentário