Pátria amada, Paraguai!

Estilosos de plantão, a não ser que você tenha estado em uma viagem intergalática ou seja lesado mesmo, te passou desapercebido o fusuê-babado-forte nos últimos dias 31 de março e dia primeiro de abril.

Se você tem planos de ir ao país vizinho, pode ir com tranquilidade, o país já está todo calmo e funcionando normalmente.

Caso você queira saber mais curiosidades, pega o óculos de intelectual e #vemkotio:

meninos

Precisaremos entender 10 centavos de história para prosseguir:

O Paraguai viveu sob ditadura militar de 1954 até 1989, a mais longa da América Latina, entretanto somente em 1993 houve uma eleição popular.

Devido esse tre-le-lê a nova constituição não permite que um presidente se reeleja, nem pra dois mandatos seguidos, nem nunca mais na vida!

Tipo:  Fui eleito presidente, passou 5 anos, tchau pra sempre.

Heis que o atual presidente, sr. Horácio Cartes, juntou uma mesa de amigos, e ele precisava que 23 dos 45 senadores votassem a favor para ele mandar uma EMENDA DE LEI para câmara aprovar permitindo reeleição, ele conseguiu 25.

E foi aí que o povo do Paraguai, que eu tanto amo e tanto admiro fez o que os Brasileiros acomodados não tem capacidade de fazer.

Eles foram para as ruas, atearam fogo no congresso…

congresso

…a própria polícia (que deveria proteger os políticos) desceu uma chuva de bala de borracha CONTRA os políticos. Tem imagem no google, não vou postar aqui por motivos de: Site de fameeeeleeea.

images-cms-image-000539771

Acha pouco?

Não se preocupe pois eles também fecharam TODAS as fronteiras do país e proibiram a entrada e saída de qualquer um do território DELES durante horas.

Claro que o titio Cartes fez a egípcia e não homologou a lei aprovada no congresso por motivos de: Quem tem furingo tem medo.

É isso aí gente, quem manda no país é a população. E eles deixaram claro que são contra a reeleição de políticos. Mesmo que por meio de voto popular, eles não querem NEM a opção de reeleger alguém.

Outro ponto a copiarmos é a obrigatoriedade de nível superior para ser candidato a qualquer cargo político.

Agora vão pra vyda, vão lutar pelo que vocês acreditam!

Fonte de pesquisa : Meu whatsapp muito louco no dia da revolução.

Imagens via google.

Leia também...

Deixe um comentário

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.