Desde abril de 2020 sem matéria sobre o Paraguay, quanta saudade!

O nosso querido país hermano esteve com as porteiras fechadas do início de março até final de outubro do ano passado. Muito provavelmente você que está lendo também viveu algumas restrições nesse período.

Muitas fronteiras estão fechadas para nós, que somos jovens, brasileiros.

Existe uma série de restrições para que se adentre a fronteira e é sobre isso que vamos conversas hoje, já que muita gente está programando o ano de 2021.

Não é necessário teste do Covid-19 para quem vai apenas fazer compras no centro comercial das cidades de fronteira. Caso você esteja planejando ir além de 30 quilômetros já se torna obrigatório.

É obrigatório também, o uso de máscara, e na entrada de todos os shoppings será necessário lavar as mãos & passar álcool 70% e medir a temperatura. E se você entrar no shopping, ou em galerias, e der dois passos até a primeira loja que quer visitar…. Sim, será necessário passar álcool novamente.

Outra grande preocupação de quem compra no exterior é o valor cambial, já que o Paraguay basicamente trabalha com valores em dólares.

Quando acontece uma GRANDE variação de valor no câmbio, no caso a desvalorização do Real, existe um período em que realmente não compensa fazer aquisições no exterior. Mas essa diferença geralmente desaparece em 3 ou 4 meses. E como o comércio (e as fronteiras) ficaram fechados por quase oito meses a maioria dos itens já voltaram a compensar trazer de lá. Cosméticos, perfumaria, eletrônicos e brinquedos compensa totalmente buscar. Coisas como papel de parede, iluminação funcional como lâmpadas, painéis e spots tem que pesquisar bem. Já lustres e iluminação decorativa compensa sim comprar no Paraguay. Bebidas pelo que vi – afinal todos estamos um pouco alcoólatras depois de tanto alquingéu- não está compensando muita coisa, depende do seu goró preferido.

Falando das três fronteiras agora, a Argentina continua excluída do mundo, digo, com as fronteiras fechadas. E os passeios em Foz do Iguaçu estão atendendo com restrições. Bilheterias por exemplo, só pela internet.

Qualquer dúvida, pergunta pra mim lá na rede das fotinhos, @Paraguaipink.

#Bença!

Leia também...

Deixe um comentário