Ondas no cabelo com a chapinha, vem aprender!

Oiiii! Hoje a gente vai conversar sobre cabelo, ebaaaaa! Eu adoro cuidar das minhas madeixas.

Preciso confessar que ondular meus cabelos, tem feito parte da minha rotina capilar. Meu cabelo atualmente, está liso, mesmo deixando a progressiva de lado por um tempão, acredito que o comprimento influenciou na forma como ele está agora. Meus fios são pesados, grossos e beeeeeem longos.

Eu tenho o cabelo seco, então hidratação e cuidados diários são sempre bem vindos.

Portanto, depois dos cuidados com ele ainda molhado, costumo usar um protetor térmico, pois finalizo com a chapinha, tanto para alisar, quanto para ondular. E é aqui que o nosso bate papo fica legal 😀

Você sabe ondular o seu cabelo?

Há inúmeras maneiras de deixar seu cabelo com movimento e balanço, mas, hoje quero ensinar uma forma bem rápida, prática e que vai facilitar sua vida, se te agrada ter ondas na cabeleira.

Foto: Pexels

Depois de lavar seu cabelo como de costume, retire o excesso de água com uma toalha bem fofa, sem friccionar os fios, pois isso causa quebra e friss. Logo após aplique um protetor térmico,  e só então use o secador para retirar  toda a umidade do cabelo.

Vem chapinha!

Com a madeixa seca e protegida, basta dividir o cabelo ao meio, desembaraçar e torcer essa mecha. O lado direito torcido para a direita e com a chapinha quente, passe por toda extensão onde queira o ondulado. Repita o processo três vezes ou até que sinta que todos os fios estejam quentes e moldados. Continue segurando a mecha torcida para que esfrie naturalmente.

Agora repita o processo com a mecha da esquerda, torcendo o cabelo para a esquerda. Espere esfriar e, se preferir, aplique spray fixador.

Depois de frios, os fios podem ser soltos com os dedos mesmo. Pentes com dentes espassados também ajudam. Separe as ondas com carinho, pois quanto mais repetitivo for o movimento, mas as ondas se desfazem.

Foto: Pinterest

Me conta aqui, você já conhecia essa dica? Espero que ajude!!!

Beijão enorme,

Juju

 

Leia também...

Deixe um comentário