No almoço de Dia dos Pais…

Fato 1: Domingo é dia de conhecer o pai de todo mundo no Instagram.

Fato 2: Domingo é dia de reunir todo mundo numa mesa enorme de comidas que não combinam nada com nada. #credoquedelícia

E para isso hoje, ao invés daquele clichê ” um bom vinho para presentear o papai” eu trago algumas dicas de vinhos que combinem com o almoço de domingo e com todos os outros eventos familiares que tenham maionese, lasanha, frango assado, peixe, leitoa, macarrão, salada e etc…

O segredo para uma tentativa de harmonização no caso de comidas variadas são vinhos de média intensidade: nem tão leves, nem tão encorpados. Dá pra ser branco, dá pra ser tinto, só não pode ser extremo!

E o que isso significa, querida?? (entendedores entenderão)

Significa que um branco muito leve, sem carvalho por exemplo, pode não fazer frente a um prato como uma carne assada. Já um tinto muito encorpado como um super cabernet ou malbec com muito tempo em madeira pode se sobrepor a pratos leves como peixes e saladas. Eu já falei sobre harmonização e como mesclar peixe com tintos e brancos com carnes. Dá uma olhadinha aqui.

Sábado fiz essa combinação com o incrível, delicioso e insuperável ossobuco do Prosa Cozinha Secreta: Esporão Private Selection, um Semillion fermentado e amadurecido em barricas de carvalho ficou irretocável na harmonização. alta acidez e muita textura para acompanhar carnes. O Private é importado pela Qualimpor.

 

Não abre mãos de tintos? Então abaixo tem três opções bacanas:

  • Valpolicella, região clássica italiana conhecida pelos vinhos bem leves, aqui encontra uma versão um pouquinho mais potente com o Ripasso, que é um Valpolicella (corte de Rondinella, Molinara e Corvina) que repousa sob borras do Amarone (um vinho mega potente da região elaborado com uvas passificadas. O vinho da foto é da Decanter.

  • Um Merlot bem bacana: Como já disse várias vezes aqui, temos merlots incríveis no Brasil e eles são ótimas opções para as boas mesas italianas. Na foto um dos meus favoritos, o qual pode ser comprado pelo site da vinícola ou em vários pontos pelo Brasil.

 

  • Uma última opção mais frutada e de um vinho com um caráter mais elegante do que geralmente mostra esta casta é este exemplar de Nero D’Avola que a Mazzei produz na Sicília e que é importado pela Grand Cru:

 

 

Espero que estas dicas ajudem a tornar seu almoço de dia dos pais ainda mais harmonioso!

Feliz dia dos pais a todos e até a próxima coluna, Keli Bergamo.

Leia também...

Deixe um comentário