Mas afinal, pilates emagrece?

O Pilates está em alta! E não é à toa, se tratando de saúde e bem-estar a modalidade é a mais pautada, e quem faz garante estar satisfeito com os resultados.

Hoje em dia, nem todas as pessoas se sentem atraídas por musculação ou outras atividades que exijam levantamento de peso. É cada vez mais comum, as que desejam apenas manter o corpo em forma, sem o objetivo de extrema hipertrofia. Para todas estas pessoas e para quem deseja melhorar seu desempenho nas atividades que já executam, o método é uma excelente ferramenta. Além de oferecer todos os benefícios de uma atividade física comum, o Pilates auxilia na correção da postura, aumenta a elasticidade do corpo, ativa o sistema respiratório, alivia o estresse, de forma segura e sem sobrecarga.

Certamente, Pilates é considerado uma das melhores atividades para quem deseja aperfeiçoar a musculatura corporal, evitar doenças cardiovasculares, melhorar concentração e amenizar dores. Enfim, inúmeros benefícios que auxiliarão seu corpo e sua mente.

PILATES TRABALHA O CORPO GLOBALMENTE

Cadillac / aparelho clássico de pilates

O Pilates apresenta uma infinidade de exercícios, que trabalham o corpo como um todo, ativando o sistema neuromuscular que recruta os músculos, ossos e articulações de forma intensa. Para realização dos exercícios, o método baseia-se em seis princípios: respiração, controle, fluidez, concentração e precisão.

Conforme sua prática regular, promove-se uma melhora na consciência corporal, consequentemente, melhora na qualidade do movimento, ou seja, nenhum grupo muscular é sobrecarregado, porém, os músculos são recrutados de maneira mais eficiente, e seus praticantes se sentem revigorados e não exaustos após os treinos.

MAS AFINAL, PILATES EMAGRECE?

O principal objetivo do Pilates está em equilibrar os grupos musculares, aumentando a força, a flexibilidade, tonificando e fortalecendo todos os músculos, principalmente, a musculatura profunda do abdome e tronco.

Sabemos que a massa magra, é diretamente ligada com a queima de calorias, ou seja, quanto mais massa magra, mais facilidade para queima, visto que, o metabolismo corporal acelera, favorecendo a tonificação dos músculos. E para que este ganho de massa magra aconteça, devemos realizar exercícios de fortalecimento.

Conforme esta relação, já poderíamos responder ao questionamento, de que a prática do Pilates ajuda sim a eliminar peso, porém, não é uma atividade com foco no emagrecimento.  Por tanto, praticar somente Pilates para emagrecimento, pode não trazer um resultado tão eficiente.

Como já vimos, a prática do método Pilates promove uma série de benefícios que estimulam o organismo, acelera o metabolismo, melhora a circulação, além de aprimorar a mobilidade, agilidade e potência, complementando os treinos esportivos e desenvolvendo a capacidade física para atividades diárias.

Segundo estudos, após um mês de pratica já é possível perceber alguns resultados, em uma hora de aula, o praticante pode chegar a eliminar de 200 a 400 calorias, contribuindo para a tonificação dos músculos.

Porém, não podemos afirmar que todos os indivíduos terão o mesmo resultado, pois cada corpo tem uma forma única e individual de resposta aos exercícios. Além disso, o processo de emagrecimento não depende somente de realizar as atividades, mas de vários fatores externos, como a alimentação e estilo de vida.

Portanto, manter uma dieta equilibrada, conciliar a técnica e exercícios de pilates com uma atividade aeróbica como pedalar, correr, nadar, com certeza vai contribuir para que o processo de emagrecimento aconteça mais rápido.

Exercício no Reformer / aparelho clássico de pilates

Contudo, o foco do Pilates está na qualidade do movimento e não na quantidade, levando a padrões de movimentos mais eficientes e evitando lesões, sendo que, praticado de maneira intensa, e respeitando os princípios do Método, ele contribui efetivamente na perca de calorias bem como, no equilíbrio entre o corpo e mente.

Leia também...

Deixe um comentário