Le Marais - o bairro mais cool de Paris

Le Marais em Paris – o bairro cool da capital francesa

Quem aí já teve o prazer de conhecer a Cidade Luz? Ah, se eu tivesse ido 10 vezes a Paris ainda seria pouco, já que é impossível conhecê-la numa só viagem. Mas hoje quero falar de um lugar em específico, o Le Marais em Paris, um bairro que você “tem que” visitar, seja na sua primeira ou vigésima vez na cidade.

Le Marais é eclético, elegante, despojado, acolhedor, multiracial, vanguardista e possui a verdadeira alma parisiense. Eu me apaixonei tanto por este lugar, que não poderia deixar de escrever um post só pra ele.

Le Marais o bairro mais cool de Paris

Rue des Rosiers em Le Marais, onde fica o restaurante L´as du Falaffel

A região conhecida como Le Marais já foi muito habitada pela nobreza, até o século XIX. Hoje é onde vive a maior comunidade judaica da Europa e é também a área mais cosmopolita de Paris, favorita da galera jovem e LGBT, com inúmeros bares e até uma rua dedicada ao público LGBT.

Se você quer “viver” Paris de verdade, fechar o mapa e somente andar sem rumo pelas ruas e sentir a vibe da cidade, então você tem que ir ao Le Marais.

O que fazer no Le Marais?

Place des Vosges

A praça mais antiga de Paris fica em Le Marais e é rodeada por cafés, restaurantes e lojas de arte. Esse local já foi lar do escritor Victor Hugo, autor de Les Miserables, e hoje abriga um museu que conta a história de sua vida.

Museus

Um paraíso para quem gosta de arte e moda. Em relação aos museus, arrisco dizer que o bairro Le Marais abriga alguns dos mais importantes museus da cidade e do país. Dentre os diversos museus presentes no Le Marais, destaco os seguintes:

Centro Georges Pompidou

O Pompidou abriga o museu nacional de arte moderna, uma biblioteca pública, um centro de música e no grande terraço há um espelho d’água e uma vista deslumbrante da cidade.

Centro Georges Pompiou em Le Marais

Centro Georges Pompidou em Le Marais

 

O design arrojado do prédio, com canos e tubos externos visíveis, pede uma visita, nem que seja só por fora.

Museu Picasso

Um museu novo, inaugurado em 1985, que contém diversas obras do autor espanhol, porém não tão famosas. Além disso, o museu também possui diversas obras que Picasso colecionou ao longo de sua vida.

Museu Carnavalet

Quer conhecer mais sobre a história de Paris? Então vá ao Museu Carnavalet, um espaço totalmente dedicado à preservação da história da capital francesa desde suas origens até aos dias de hoje.

Lojas, boutiques e galerias

Para os fãs de arte e moda: vocês entrarão num verdadeiro paraíso quando pisarem no Le Marais. Preparem umas boas horas para gastar nas mais diferentes lojas, boutiques e muitas, mas muuuitas galerias de arte que há no bairro.

Aqui você vai ver desde lojas de sabonetes artesanais, sex shop com conceito boutique, docerias, até lojas de decorações de luxo.

Onde comer em Le Marais

Esse talvez seja o meu “point” preferido no bairro, o L’as du Falaffel, um restaurante familiar, tipicamente árabe, inaugurado ali em 1979. O atendimento é ótimo e o sanduíche de falafel é inesquecível. Apesar de estar sempre lotado, não se preocupe, pois o atendimento é ágil e você não espera muito tempo na fila. Acredito que esse restaurante foi um dos responsáveis pelo aumento de turistas na região do Le Marais, já que tantas celebridades já passaram por lá e todos querem provar o famoso sanduíche.

O famoso sanduíche de falafel

Mesmo que você não seja fã de falafel (aquele bolinho frito de grão de bico), dê uma chance pra esse sanduíche. Juro que você não vai se arrepender! Eu chego a salivar só de escrever aqui.

Além do mais famoso sanduíche da cidade, no Le Marais há inúmeros cafés e bares, só é difícil escolher em qual deles parar. Sabe aquelas esquinas típicas de Paris, com as mesinhas na calçada de onde se pode apreciar o vai e vem de pessoas? Então, no Le Marais é um ambiente perfeito pra você fazer isso: tomar um café degustando maravilhosos macarrons, como se não houvesse amanhã.

Outra opção é o Marché des Enfants-Rouges, o mercado mais antigo de Paris, no estilo mercado municipal. O local preferido dos locais é cheio de bancas de frutas, legumes, queijos e pratos típicos de diversos países, ou seja, uma experiência culinária. Vale a pena almoçar por lá como um verdadeiro parisiense.

Marché des Enfants-Rouges, o mercado municipal de Paris

E pra quem deseja algo mais sofisticado, tem o restaurante L´Ambroisie, que possui 3 estrelas do guia Michelin. Localizado no coração do Marais, em plena Place de Vosges, ele promete uma experiência gastronômica inigualável.

Bom, acho que consegui passar tudo o que sinto por este local ímpar em Paris. Se você já conhece o Le Marais, deixa seu comentário aqui e me conta o que achou e qual seu cantinho preferido por lá.

Leia também...

Deixe um comentário