Interiores – Rústico + Moderno

Rústico é aquele estilo que automaticamente traz à cabeça a imagem de sítio da vovó, certo? Casa de madeira, com lareira de tijolinho à vista, cortina em tecido florido e fogão à lenha na cozinha! Será possível utilizar esses elementos rústicos nas nossas casas e apartamentos de construção moderna? Sim, essa combinação é super atual!

A marca registrada do moderno é a utilização de materiais leves, como vidro e alumínio e predominância de linhas retas, conferindo um estilo ameno e simples.

Quando combinados, os estilos rústico e moderno transmitem aconchego, sofisticação e harmonia ao seu projeto. Além de ser uma mistura de estilos visualmente marcante e personalizado, conferindo identidade ao seu ambiente.

Quem aí, assim como eu, é adepto e adora uma textura amadeirada em casa? (Para aprender a compor os tons de madeira visite nosso último post!) Basta esse “simples” toque para dar início à composição do rústico+moderno, e também para quebrar a frieza do moderno.

Identificar o estilo rústico é fácil: ele é essencialmente marcado pelos materiais naturais, como: madeira (o principal e mais utilizado elemento), tijolinho aparente/pedra natural, vegetação, palha, vime…

E agora?! Como acertar na escolha e composição desses materiais e estilos tão opostos? Bora seguir essas imagens que separamos como inspiração para vocês:

Revestimento

Mobiliário Planejado:

Mobiliário Complementar

Ainda que a “pegada” do rústico seja muito mais comum nas varandas e espaços gourmet, salas de estar e jantar, quartos e escritórios também podem exibir peças desse estilo tranquilamente, precisamos pensar nass composições e no enriquecimento que os opostos trazem ao se complementarem.

Misturas arrojadas, são frequentemente compostas de:

Madeira + mármore:

Pedra + metalurgia

Atualmente encontra-se o rústico impresso em grande parte dos revestimentos: papel de parede, tintas, azulejos… O porcelanato, laminado ou vinílico com textura e impressão amadeirados – no piso ou parede – auxiliam no aconchego da sua casa, trazendo pontos característicos do estilo rústico aos ambientes contemporâneos.

Podemos perceber que uma regra simples é fugir do óbvio! Tente analisar sua rotina e desejo na casa e aplique as dicas em locais inesperados ou que você mais se identifique. O tijolinho como fundo da sua TV na sala é a opção certa para quem amou essa mistura e não tem medo de ousar.

Agora, se você ainda torce o nariz para essa composição ou tem medo de errar a mão na escolha dos itens, a dica é investir em detalhes e objetos de fácil remoção e remanejamento. Outra possibilidade é acrescentar ao seu ambiente um móvel/objeto que ganhou de herança da família! Além da tendência aplicada, agrega valor emocional e identidade à sua residência.

Para a decoração, são inúmeras possibilidades existentes no mercado:  baús, cadeiras de balanço, cestos. Quando partimos para a parte têxtil, mantas de tricô, tapetes de couro, cortinas de linho…

Além do Lelo invadindo o Instagram do @arquitetandoestilos, temos sido bons porquinho e andamos mostrando mais das nossas ações diárias no @nestinteriores, quem quiser saber mais sobre nosso dia dia e sobre interiores, pode nos seguir sem moderação!

Um beijo,

Ju.

Leia também...

Deixe um comentário