Interiores – Cabeceiras

Cabeceiras são itens que são presentes na nossa vida que não lembramos que em algum momento da vida, alguém teve que escolhê-la. Até que você cresceu, juvenilzou-se (hahaha) talvez tornou-se até adulto… e certamente teve uma cama/cabeceira escolhida por outra pessoa, provavelmente sua mãe.

O que preciso que você entenda que em algum momento você terá que tomar essa decisão. E existem algumas dicas para escolher. Claro que existem diversos estilos, como o clássico, o moderno, o contemporâneo o rústico…

Mas hoje vou me ater aos formatos, porque ele sim interfere mais na ambientação do quarto.  Por exemplo, em um ambiente com a parede estreita, usar uma cabeceira em  toda a extensão, ajuda a trazer a sensação de amplitude, independente de ser estofada ou em madeira:

Se o teto não for muito alto, ou de uma forma mais “técnica” o pé direito do ambiente for baixo, o ideal é deixar a cabeceira com a marcação mais vertical, frequentemente indo até o teto, ou até invadindo o forro e revestindo parte do teto.

Há também pessoas que não gostam de cabeceiras. Eu mesmo já passei um tempo da vida de mal com elas, optei por um papel de parede que por ser claro ficou nojento de encardido muito rápido, não recomendo. Não percebemos, mas acabamos sentando muito na ama e nos recostando na cabeceira frequentemente. E aí vão surgindo manchas de suor/gordura/pó-pózin+pozão pregada na região da cabeceira.

Então a saída para isso é fazer um revestimento em toda a superfície, como um painel, que pode ser – eu recomendo que seja – bem decorativo:

Não tenha medo também de sobrepor materiais pois isso enriquece a composição. Vale pintura diferenciada na parede + cabeceira metálica ou até espelho + cabeceira estofada.

Agora vou deixar três dicas que sempre temos em mente na Nest quando projetamos um dormitório ou suíte:

  1. As posições de tomadas; se não vão ficar perdidas atrás das cabeceiras;
  2. Se no caso das cabeceiras criadas por painéis ela serão fixadas acima do rodapé ou se virão desde o chão;
  3. Largura da cabeceira e o posicionamento das mesas de cabeceira (a frente/ao lado?).

Espero que essas informações possam ajudar quem está pensando em renovar ou criar um quarto cheio de personalidade.

#Bença!

Leia também...

Deixe um comentário