A importante relação da família com a escola

Faz meses que quero escrever sobre este tema, que parece tão óbvio, mas sobre o qual refletimos tão pouco… Uma relação positiva, colaborativa e conectada entre a família e a escola é um fator decisivo no desenvolvimento dos alunos… Será? Por quê? Vem comigo…

A escolha da escola é algo que normalmente demanda bastante tempo e atenção por parte das famílias, e isso é muito importante. Ao começar a buscar opções, muitos fatores são relevantes, tais quais: espaço físico, preço (em caso de se pretender uma escola particular), o método e material utilizados, a formação dos profissionais, os horários  de entrada e saída, número de alunos, etc….

Além destes fatores, existem aqueles mais subjetivos, que envolvem o que aquela família espera da escola. Um exemplo que ilustra isto é o fato de que alguns pais escolhem a escola dos filhos, pensando desde o princípio na preparação para o vestibular, estes matriculam em escolas com uma oferta maior de resultados, que são mais exigentes. Já outros, ficam mais relaxados com relação a isto, prezam por uma escola que preserve a infância ao máximo, oportunizando às crianças tempo para brincar até o final do ensino fundamental.

Qual destes faz certo? Fiquem curiosos, isto é tema a ser discutido em outro artigo.

Mas aí OK! Escola escolhida e o problema acaba… ERRADO, escolher a escola é realmente só o comecinho deste processo, exatamente aliás como acontece em qualquer outra relação.

Sabe aquela máxima que diz: “Escola ensina. Família educa”? Fácil né? ERRADO também. Crianças e adolescentes são seres educáveis e ensináveis, ABSOLUTAMENTE TUDO que está ao redor deles os educa e ensina. Concordo que Educar é tarefa da família e a escola complementa, e Ensinar é tarefa da escola que precisa de ajuda da família da mesma forma… Aí sim, tá certinho!

Deste modo é imprescindível que Família e Escola tenham uma mesma linguagem e filosofia, estabelecendo uma comunicação de parceria, nunca de forma que denote uma relação comercial. A escola é muito mais do que uma empresa que presta um serviço às famílias, escola é a parte que age no desenvolvimento total dos alunos de modo profissional, complementando aquilo que a família constrói e necessitando de complemento também desta.

Pra terminar preciso ressaltar que não basta ter esta relação de parceria com a escola, é necessário que isto seja explicitado para os filhos/ alunos. Crianças, ainda mais do que adolescentes tem nos pais e na escola uma referência absoluta, deste modo chegaria a ser redundante falar tudo o que já foi dito, bem como que se os pais pretendem que seus filhos deem a devida importância ao estudo, às responsabilidades e à escola PRECISAM dar esta mesma importância primeiro.

Resumindo:

Escolha uma escola na qual você confie, é de lá que virão os profissionais que mais o ajudarão na formação de seu filho.

Participe das atividades ofertadas pela escola, supervisione as tarefas, trabalhos e estudos, leia e responda a agenda, vá à escola saber como o seu filho está, e frequente as reuniões.

Enfim, dê a escola o devido valor, ELA VALE MUITO! Se envolva com os projetos, dialogue, construa e deixe construir-se pela/na escola.

Estas atitudes lhe darão direito e envergadura para cobrar de seus filhos responsabilidade com relação aos estudos, porém tornarão a cobrança desnecessária!

Leia também...

Deixe um comentário