Estou em casa há quase 50 dias, saindo em casos muito pontuais, o que totaliza, até agora, 4 vezes. Não vejo ninguém, além dos vizinhos, desde que entramos em distanciamento/ isolamento social. Hoje resolvi vir aqui, depois desse fim de semana de feriado prolongado de inúmeras festinhas e “socialzinhas”, para usar esse espaço como forma de real desabafo, para que assim, quem sabe, alguém leia e mude de postura…

Quando você faz socialzinha em plena pandemia onde há determinação de distanciamento social, só mostra 2 coisas:

1 – é um alienado e não tem o mínimo de noção da gravidade do que tá acontecendo

2 – é irresponsável, pois acaba mostrando para as pessoas que te acham inteligente (embora eu ache que não seja) que, se você está fazendo, talvez não tenha problema, gerando assim, outras socialzinhas tão irresponsáveis quanto a sua.

Não importa se a socialzinha é com  2, 3 ou 19 pessoas, a responsabilidade é a mesma! Entenda, você pode não ter a mesma influência que a Pugliesi ou até mesmo a Madonna, mas vai gerar impacto em dois tipos de pessoas:

1- a que ainda acha que é “só uma gripezinha” e não vê problema algum nisso e essas pessoas que ajudam a disseminar a doença.

2 – Nas pessoas que tem noção do que tá acontecendo, se cuidando para não pegarem doença de pessoas como você, e estão te achando um babaca.

Pra você entender melhor, caso ainda não saiba:

  • São 7.084 mortes desde o dia 17/03 quando foi confirmada a primeira
  • 102.405 casos confirmados, lembrando aqui que há muitas pessoas assintomáticas, ou seja, que não apresentam sintomas, mas ainda assim CONTAMINAM outras pessoas. Não existem testes suficientes para testar todo mundo o que acaba gerando uma grande subnotificação. Estudos apontam que esse número pode ser 10x maior.

Aí você pode estar pensando:

ah que exagero! Não tive contato com ninguém com a doença, ou, na minha cidade não tem nenhum caso confirmado.

Aí te peço que volte um pouquinho no texto, leia novamente com atenção e volte aqui para responder as seguintes perguntas:

Como você pode ter tanta certeza? Você tem controle sobre a vida de todas as pessoas?

Para que fique mais claro um pouquinho… no país  há inúmeras pessoas que pensam igual e, com isso, os casos só sobem de forma alarmante e impressionante, é só ler um pouquinho. Veja os links abaixo:

Coronavírus: Taxa de isolamento social em SP cai para 53% no sábado

“Estou apavorado”, diz secretário de Pontal do Paraná diante de alto número de turistas no feriado

Pense bem, por mais que, das 20 cidades com maior mortalidade e incidência de casos, 17 se concentrem no Norte e Nordeste, nada impede que a próxima cidade seja a sua! E aí, fica a pergunta de maior valor:

Sua cidade está preparada para esse colapso? Você está preparado para ser infectado ou ter algum parente nessa situação?

É fácil ficar em casa? Não, não é! Tem dias que a gente pira, chora, sente saudade, mas é necessário e imprescindível no momento! É para o bem de todos…

Tenha empatia e responsabilidade. Se não for urgente, se você pode ficar em casa, fique!

Um abraço, aqui de dentro da minha casa, meu porto seguro, para todos vocês.

Leia também...

Deixe um comentário