É primavera…

Hoje estreio aqui no ARQUITETANDO ESTILOS, primeiramente irei falar um pouco sobre mim: meu nome é Julie Hellen Stamboroski, tenho 23 anos sou de Céu Azul-PR. Sou Engenheira Agrônoma formada pela faculdade Assis Gurgacz e atualmente estou me especializando em Manejo Fitossanitário de Grandes Culturas. Irei trazer na categoria “Casa e Decoração” informações, dicas, cuidados e formas de manejo para plantas. Nesta primeira publicação trago algumas informações e dicas para melhor cuidados com as plantas e flores na Primavera.

Hoje, 23 de Setembro, inicia a Primavera. Conhecida como estação das flores, só aumenta nossa vontade de ter aquelas plantas e flores pela casa e um jardim colorido. Sendo assim, é importante lembrar que a época é excelente para realizar um bom plantio e ter cuidados básicos para manter as plantas ainda mais vivas, cheias de harmonia e cores.

Venho hoje listar alguns cuidados diários e dicas que podemos obter nesta época e, também, algumas plantas e flores da estação.

– É necessário manter as plantas com nutrientes de acordo com suas necessidades. A adubação pode ser feita tanto com adubo orgânico, onde se utilizam vários compostos orgânicos, sendo eles adubo curtido, húmus, restos de alimentos que são conhecidos por sua forma de sustentabilidade e melhor estrutura do solo, ou  com o adubo mineral, que pode ser aplicado sobre as folhas ou diretamente no solo, seu custo é baixo, porém, exige maiores vezes de aplicações. Sua vantagem é a rápida absorção e o resultado aparece em poucos dias.

– Recomenda-se realizar a irrigação duas vezes ao dia, sendo elas na parte da manhã e no inicio da noite, quando a temperatura não estiver tão elevada. Lembre-se que excesso de irrigação pode acabar sendo prejudicial, portanto, busque sempre realizá-la de forma moderada.

– A iluminação também é de grande importância. Busque sempre uma forma da luz do sol pegar diretamente na planta e em um período do dia de luz indireta, pois o excesso de sol pode ressecar a planta e a sombra pode dificultar o processo de florescência. É importante ficar de olho nas folhas murchas e secas no período de pré-florescimento, pois elas podem absorver os nutrientes e estimular as plantas a voltar a desabrocharem.

– A primavera também é favorável para a realização da poda, assim, a estimulação de brotos gera uma formação mais bonita e a eliminação de galhos doentes e secos pode até contribuir com a prevenção de doenças.

As principais espécies favoráveis a esta época são:

– Frutíferas:

Amora

Cítricas de forma geral – no inverno ocorre um repouso da planta, assim, a primavera contribui para seu melhor florescimento;

Jabuticabeira – é uma opção que se produz várias vezes ao ano e pode ser plantada até no jardim de casa ou em vaso;

Também entra na lista das frutíferas o limoeiro siciliano, a amora, a acerola e o pessegueiro.

– Trepadeiras:

Dipladênia

São muito utilizadas em cercas, escadas e pergolados. São plantas que gostam de sol, se habitam com facilidade, crescem rápido e com isso acabam exigindo um pouco mais de poda. Também é importante ter cuidado com o local de plantio para que a planta fique segura e tenha melhor desenvolvimento. Há várias opções de trepadeiras para se cultivar. Jade, Rosa-trepadeira, Jasmim-estrela, Dipladênia, e a Bougainville que também pode ser considerada uma trepadeira, dentre outras espécies que podem ser favoráveis e de acordo com sua preferência de local.

– Flores:

Lírios

Na primavera as flores dominam o espaço deixando-o mais aconchegante, elegante e atraente, e, entre elas, estão as orquídeas, gérberas, girassol, onze-horas, salva, violetas, agapanto, bromélia, petúnia, violetas, margaridas, lírios, rosas e jasmim.

Tenham uma primavera FlorLinda!!!

Julie.

Leia também...

Deixe um comentário