COZINHA AO VAPOR – Do Oriente para o Ocidente

A cozinha ao vapor é um tipo de prepare de alimentos muito conhecida dos orientais, mas pouco difundida pelo Ocidente. Nos últimos anos vem ganhado espaço por vários motivos: permite um preparo saudável dos alimentos, sem o emprego de gorduras, preservando muito mais as características originais dos mesmos. Para que possamos entender a filosofia desse tipo de cozinha, temos que voltar ao passado, nos primórdios da história da humanidade.  O homem primitivo cozinhava seus alimentos aproximando-os das chamas ou da brasa do fogo. Com a criação e o melhoramento de alguns utensílios capazes de manter o calor sem se quebrarem (precursores das panelas), ele pôde ferver a comida, e assim, evoluir para o vapor.

Como dito anteriormente, esse tipo de cozimento é muito difundido no Sudeste Asiático, China e Japão, mas podemos encontrar na cozinha árabe, como é o caso do cuscuz. Alem das vantagens dietéticas e gastronômicas, existe a praticidade no preparo. É muito fácil controlar o cozimento dos alimentos, verificando durante o processo o ponto e a consistência que se quer atingir. Esse processo também serve para o descongelamento de alimentos, facilita o descascar de frutas e legumes após expostos ao vapor, derrete a gordura de carnes e peixes, que escorre para a água, e tira o sal dos alimentos em conserva. É também um método econômico, pois numa única panela de água fervente pode-se empilhar vários cestos de bambu, o que permite cozinhar diversos pratos ao mesmo tempo com consumo mínimo de energia.

panela philips

Panela para cozimento a vapor – Philips Walita R$ 209,00

A seguir, estão alguns tipos de panela a vapor disponíveis nos mercados. Escolha uma que mais te agrada e vem comigo cozinhar. Beijos!!!

panela tramontina

Panela Cozi-vapore Tramontina Paris – Vermelha R$ 224,00

 

 

 

 

 

 

 

 

panela bambu

Panela de bambu para cozimento a vapor R$ 125,00

 

CREME DE ASPARGO E ERVILHAS TORTAS

Serve 4 pessoas

Ingredientes

  • 1 kg de aspargos frescos
  • 5 ovos
  • 1 litro de caldo de legumes
  • ½ colher (café) de amido de milho
  • 50 g de ervilhas tortas
  • Sal a gosto

Modo de preparo

  1. Limpe os aspargos, eliminando a parte branca do tal, lave0os e escorra bem. Corte a parte verde do talo em bastões. Cozinhe-os no caldo de legumes fervente por 20 minutos, tampando parcialmente a panela, até que fiquem macios. Retire-os com a escumadeira e bata-os no liquidificador com 750 ml do caldo de legumes até obter uma consistência homogênea.
  2. Lave as ervilhas tortas, retire os filamentos e fatie-as na diagonal. Mergulhe-as por 1 minuto no caldo restante, escorra-as com a escumadeira e as distribua no fundo de 4 xícaras de vidro refratário.
  3. Incorpore os ovos ao purê de aspargos, acrescente a maisena e bata no liquidificador novamente. Ajuste o sal e distribua o creme obtido nas xícaras. Cubra-as com papel-alumínio, coloque-as num cesto de cozimento a vapor e cozinhe pó 12 minutos até que a superfície do creme fique firme.
  4. Retire as xícaras com o creme de aspargos do cesto e coloque-as em pratos. Decore o creme com pontas de aspargo e croutons agrião e sirva quente.

creme de aspargos

 

MEXILHÕES AO VAPOR COM TOMATES EM CUBINHOS

Serve 4 pessoas

Ingredientes

  • 2 kg de mexilhões
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • ½ alho-poró
  • 1 cenoura pequena
  • 400 g de tomate
  • 1 colher (sopa) de salsa picada
  • 4 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • Sal a gosto

Modo de preparo

  1. Limpe os mexilhões, escovando-os em água corrente para eliminar as incrustações de areia e algas, e enxágue-os com cuidado. Descarte as conchas que não estiverem bem fechadas e coloque as outras no cesto de uma cuscuzeira, com 1 dedo de água com sal na panela de base. Leve ao fogo a panela tampada e deixe que se abram (serão necessários de 5 a 6 minutos a partir do momento em que a água começar a ferver). No fim do cozimento, elimine os mexilhões que não se abriram e mantenha os outros quentes.
  2. Descasque o alho e a cebola e pique-os fininho. Limpe o alho-poró e corte-o em fatias. Raspe, lave e pique também a cenoura. Lave os tomates, afervente-os por alguns segundos, retire as peles, divida-os em 4 partes, elimine as sementes e corte-os em cubos bem pequenos.
  3. Esquente o azeite numa frigideira grande e refogue o alho e a cebola. Acrescente a cenoura e deixe cozinhar em figo alto por 2 minutos, mexendo sempre. Acrescente o alho-poró e os tomates, tempere com sal e cozinhe por mias 2 a 3 minutos, continuando a mexer.
  4. Transfira os mexilhões para uma panela, salpique com a salsa, misture delicadamente e deixe pegar sabor por 2 minutos. Divida os moluscos nos pratos, complete as porções com o refogado de tomates e algumas colheradas do fundo de cozimento e sirva.

mexilhões ao vapor

 

ROBALO COM ESPINAFRE E COCO NO VAPOR

Serve 4 pessoas

Ingredientes

  • 800 g de filé de robalo cortado em quatro pedaços
  • 4 colheres (sopa) de suco de limão
  • Sal a gosto
  • 1/2 colher (sopa) de gengibre ralado
  • 4 xícaras de folhas de espinafre
  • 140 g de coco ralado fresco
  • 4 rodelas de limão-siciliano
  • 1 colher (sopa) de azeite de oliva

Modo de praparo

  1. Em uma tigela grande, tempere o peixe com o suco de limão, sal e o gengibre.
  2. Em uma panela de cozimento a vapor, com água no compartimento inferior, arrume as folhas de espinafre. tempere com sal e polvilhe com um pouco de coco.
  3. Por cima, distribua os pedaços de robalo. Sobre cada um deles, disponha uma rodela de limão. Regue com o azeite e salpique com o coco restante. Deixe cozinhar em fogo médio por 25 minutos ou até que, ao espetar o peixe com um garfo, ele se separe em lascas, e sirva.

robalo com espinafre e coco no vapor

Leia também...

Deixe um comentário