Como o LPF pode melhorar o desempenho sexual!

Imagem: yali.com.br/o-lpf-low-pressure-fitness/

O Low Pressure Fitness é uma técnica de treino postural que ajuda a tonificar a musculatura profunda da coluna e parede abdominal. Ela é baseada no método hipopressivo, que é um tipo de exercício com foco principal na ativação e sucção do abdômen, promovendo um estiramento das fáscias, que são os tecidos que envolvem todos os grupos musculares, músculos, nervos e até mesmo nossos vasos sanguíneos.

Além disso, o LPF também promove uma reeducação respiratória, e normalização da pressão intra-abdominal, através da sucção da parede abdominal que reposiciona os órgãos internos, bem como, fortalece e tonifica o abdômen. Quando melhoramos esse tônus muscular basal, conseguimos manter um estado de ativação do músculo mesmo durante o repouso, com maior efetividade.

Ao proporcionar a melhora do tônus muscular de forma global, mas principalmente da musculatura da faixa abdominal, temos também a normalização de tônus da musculatura do assoalho pélvico.

Visto que a sucção do abdômen em apneia  expiratória, provoca uma contração involuntária de toda musculatura do assoalho pélvico, estimulando e melhorando a circulação sanguínea dessa região mais interna da mulher, e dos homens também.

Imagem: interacaofitness.com.br

Com o aumento da força contrátil do períneo nas mulheres, bem como reposicionando os órgãos internos, entre eles, a bexiga, acabamos por eliminar possíveis fatores que geram dores durante a relação sexual. Além disso, com a musculatura da região perineal fortalecida, tem-se uma melhora no desempenho sexual, pelo alivio das dores durante a relação.

Já os homens, também podem se beneficiar com a pratica do LPF, devido a melhora do fluxo sanguíneo para essa região mais interna, o que auxilia durante a ereção

.Imagem: lowpressurefitness.com

Portanto, o método LPF (Low Pressure Fitness) pode ser aliado na prevenção de patologias decorrente da fraqueza da musculatura do períneo, bem como, auxiliar no desempenho sexual tanto para as mulheres, quanto para os homens.

Leia também...

Deixe um comentário