Como escolher frutas

ESCOLHENDO FRUTAS.

Você certamente já ficou parado em frente a uma banca de frutas tentando adivinhar a melhor escolha, ou o mínimo conhece alguém que não faz a mínima ideia de como escolher frutas.

Pega, solta, olha, escolhe, separa, e quando chega em casa, a fruta está passado, “seca” ou verde…é um dilema haha.

Mas calma, vou tentar te ajudar nisso! Separei dicas que eu uso muito na escolha das frutas e olha, é praticamente infalível..

MELANCIA:

Essa eu sempre achei peculiar, meu pai sempre deu umas batidinhas até “escutar” a melhor melancia, então a primeira dica é a batucada:

1. Batucada: Dê umas batidas com a ponta dos dedos para tentar ouvir o padrão de som da fruta (não é tapão hein), tem que soar “cheio”, mas se você não é tão bom na percussão da melancia como meu pai, leia as próximas dicas:

2. HASTE: A cor da haste é um bom indicativo para saber se a fruta está ou não madura, se estiver seca, significa que a fruta está madura. A haste verde é indicativo de que a polpa ainda não está boa para o consumo.

3.CASCA: pela casca, você conseguira avaliar a qualidade da fruta de várias maneiras:

  • Não deve estar macia, pois é indicativo de que a fruta está madura demais, prestes a estragar;
  • Deve possui marcas ásperas (tipo estrias, rugas) de cor escura. Embora pareça estranho, a presença dessas marcas é indicativo de que melancia passou pela polinização de abelhas, sendo portanto, mais doce.
  • Escolha as com manchas amarelas. Essas manchas ficam na parte de baixo da fruta, onde ela tem contato com o solo (mancha do campo). Quanto mais amareladas estas manchas, mais adocicada é a fruta e é indicativo de que foi colhida no tempo certo.

4. FORMATO: As de formato mais redondo são mais adocicadas (melancia fêmea), enquanto as alongadas, são mais aguadas (melancia macho)

ABACAXI:

Abacaxi é sinônimo de problema, primeiro pra escolher, depois pra descascar. Bem, por enquanto vou ensinar você a escolher, outro dia prometo ensinar como descascar BEM rápido. Bora lá:

1. CHEIRO: Cheire o abacaxi, é uma das melhores formas de escolher uma boa fruta: Se o cheiro for doce, ele provavelmente estará maduro, já que os verdes não possuem cheiro algum, mas se o cheiro for próximo a cheiro de álcool ou vinagre, escolha outro, pois este estará “passado do ponto”.

2.CASCA: Observe a cor e a resistência da casca apertando levemente. Geralmente a casca vai refletir uma cor dourada, mas esse não deve ser o fator decisivo para a escolha, pois alguns abacaxis estarão maduros mesmo com a casca verde, então aperte levemente e observe se esta macio (mas não mole).

3. CAULE: Observe o caule do abacaxi (o fundo), é a partir dali que a fruta começa a amadurecer, verifique se não está muito mole ou se tem cheio de fermentado.

4. FOLHAS: Elas devem estar verdes e podem ser retiradas sem muita resistência, as folhas amareladas são indicativos de que abacaxi poderá esta maduro demais.

LARANJA:

1. PESO: Prefira as mais pesadas, porque tendem a ter mais suco.

2. CASCA: Quanto mais fina, macia e brilhante a casca, mais suculenta tende a ser a laranja. A parte de cima da fruta é um bom indicativo de “suculência” (ali onde arranca o talo), se, apertando ali você notar que a casca é grossa, ela provavelmente estará “eca” nessa parte, fazendo você perder parte da fruta.

COR: Quanto mais “laranjas”, mais doces. No entanto, as de espécie amareladas, quanto mais “manchinhas marrons” mais saborosa serão.

MARACUJÁ:

1. SACODE: Dê uma sacudida na fruta, se a polpa estiver solta, significa que está no ponto certo.

2. PESO: Prefira os menores e mais pesados, pois possuem mais polpa.

3. CASCA: Para o maracujá azedo (casca grossa e amarela), a casca enrugada é sinal de que ele está bem maduro, enquanto para o maracujá doce (casca mais lisa e mais clara), deve estar livre de manchas escuras e rachaduras.

BANANA:

1. COR: A parte amarela da casca deve predominar sobre a preta, frutas muito maduras têm mais açúcar que fibras.

2. FORMATO: Escolha as mais arredondadas, pois significa que foram colhidas no momento certo.

ABACATE:

1. CASCA: Os abacates com casca brilhante ainda não estão prontos para o consumo. Se você comprar, pode ter que esperar ainda um tempo antes de consumir.

2.TALO: A base do talo é a melhor e mais eficaz forma de entender o ponto dessa fruta:

  • Se a base estiver mais amarela, o abacate ainda não está pronto para ser consumido.
  • Se a base estiver esverdeada, o abacate está maduro, no ponto de maturação ideal.
  • Se a base for escura ou marrom, significa que passou do ponto. Ao abrir a fruta, notará que a polpa já possui manchas marrons

3. SACODE: balance o abacate um pouco, se tal como o maracujá, você sentir que o caroço está batendo na polpa por dentro, significa que está maduro.

UVA:

BAGO: Conhecido por “grão”, o bago deve ser gordinho, sem trocadilhos, não escolha bagos murchos. Eles não devem se soltar com muita facilidade do caule.

CAULE: Deve ser flexível e possuir cor vibrante, quando escuros, indicam que estão envelhecidos.

MAMÃO:

1. CASCA: O mamão maduro, possui a casca com que varia de amarela até avermelhado, mas como amadurece muito rápido, é interessante que ela tenha algumas manchas verdes.

2. MOFO: O mamão é uma das frutas mais fáceis de estragar, então confira se não há nenhuma formação de mofo, principalmente na base oposta ao caule.

Enfim, a escolha da fruta perfeita é quase uma sinfonia. Batuques e chacoalhadas à parte, espero ter ajudado você a acertar na escolha.

Depois de escolher, não esqueça de conservar direitinho. Ensinei aqui: https://arquitetandoestilos.com/conservar-alimentos/

Beijos de luz 😉

Leia também...

Deixe um comentário