Clube de Vinhos: Sim ou Não?

Demorei pra falar desse assunto, né?! Falha minha, pois recebo tantas perguntas sobre clube de vinhos que já deveria ter feito isso antes….

Mas vamos lá… Clubes de assinaturas de vinhos, um tema que não se esgotará em um post e muito menos será definitivo. Já achei uma ótima ideia ter assinaturas hoje nem tanto…. Mas isso depende muuuuuuuito do quão integrado você está nesse longo assunto que é o vinho.

Digo isso porque os clubes de vinhos são fantásticos para você sair do comum, provar o que jamais escolheria na prateleira, mas nem sempre tem rótulos bons para valer. Sendo mais clara: Vejo vinhos simples demais, as vezes sem muita tipicidade, e o que era para ser um “expansor” de horizontes, pode ser um tiro no pé.

Acho que vale tentar, vale pesquisar com quem tem e, principalmente, vale a pena porque leva para sua taça  novos horizontes e isso nunca será em vão.

Vale a pena ainda se você mora em um local sem muitas opções, se você não se sente a vontade para tentar o diferente sozinho e se você tem preguicinha de ir a lojas e aguentar aqueles papos de vendedores…

O que não vale é se acomodar e não se descobrir como apreciador de vinho. Depois de um tempo se a gente não sabe exatamente tudo que gosta, sabe bem o que não quer mais.Use o clube como um pontapé inicial à sua curiosidade.

Selecionei alguns clubes que acho interessantes, alguns já assinei, outros tenho amigos que assinam e acabo provando algumas garrafas.

  • Clube Paladar: Em minha opinião é a melhor seleção atualmente. Tem diversas opções de plano e o portfólio é praticamente o mesmo da Grand Cru (que eu gosto muito). Um grande diferencial é o material que acompanha as garrafas do mês. Muito bem escrito, interessante e claro.Planos a partir de R$99,00/duas garrafas.
  • Viva Vinhos – Pão de Açúcar:  Só disponível para os estados de São Paulo e Rio de Janeiro por enquanto. A seleção é capitaneada pelo mestre Carlos Cabral e tem muitos rótulos interessantes de importação própria do grupo (que você não vê todo dia por ai) e também de grandes parceiros. Tem uns vídeos super legais explicando os vinhos do mês, vale conferir. Planos a partir de R$79,90/duas garrafas.
  • Clube W: Acho que é o mais tradicional dos clubes, talvez um dos primeiros. Caiu na mesmice mas vem inovando com rótulos diferentes e ideias interessantes. Vi que uma das seleções trazia o mesmo vinho envelhecidos em barricas diferentes. Comparações assim são muito interessantes para que a gente aprenda esses conceitos.Planos a partir de R$66,50/duas garrafas.

Tem muitos outros clubes (inclusive das próprias importadoras) surgindo toda semana. Vale pesquisar, testar com algum que não tenha fidelidade e ver o que mais te agrada e o que cabe no seu bolso.

Meu alerta final: Cuidado com as promoções de vinhos baratíssimos, com o marketing agressivo e com famosos (que não entendem grande coisa sobre o assunto) recomendando vinhos por aí pois, como sempre digo: Com vinho não tem milagre!

Até a próxima coluna, Keli Bergamo.

Leia também...

Deixe um comentário