Aquela que quase não ia ser dobradinha, mas como dispensar uma branquinha?

Mais uma vez, eu e o querido Jõao Morandi nos juntamos para falar de um ingrediente em comum, ele lá na gastronomia líquida, e eu cá. Essa semana a escolhida foi a cachaça, nossa bebida mais famosa, apreciada nos quatro cantos do Brasil.

cachaça e gastronomia - pastel de feira

O que muita gente não sabe, é que a cachaça vai muito bem na cozinha, desde amaciar carnes a trazer novos sabores para as preparações. Pode ser usada para marinar, grelhar, assar, flambar e cozinhar no vapor. Rende bons molhos e caldas. Vai com carne, frango, frutos do mar, legumes e doces.

O segredo é usar com moderação, para que ela não sobressaia aos outros sabores, a cachaça deve entrar na receita apenas para dar aquele toque especial. Leve em consideração os sabores conferidos às cachaças envelhecidas em barris de madeira, são eles que vão ganhar força e o alimento vai absorver essas características.

E hoje vamos de pastel de feira, mas o que pastel de feira tem a ver com cachaça? Eis o grande segredo para um pastel crocante e sequinho: Cachaça!

Pastel de Feira

Aquela que quase não ia ser dobradinha, mas como dispensar uma branquinha? Mais uma… Gastronomia Cachaça na panela European Imprimir
Informações nutricionais 200 Calorias 20 grams fat
Classificação 5.0/5
( 1 Votos )

INGREDIENTES:

  • 3 xícaras de farinha de trigo (separar pelo menos uma xícara a mais para trabalhar a massa e dar o ponto)
  • 1 copo e meio de água (400 ml)
  • 2 colheres (sopa) de óleo (opcional)
  • 1 colher (sopa) de sal
  • 1 dose de pinga (50 ml)

MODO DE PREPARO:

1. Misture bem a farinha com o sal.
2. Abra um buraco no meio da farinha e jogue, aos poucos, a água, incorporando-a à farinha com as mãos num bowl fundo ou numa mesa lisa. Se quiser dar uma liga a mais na massa, adicione as colheres de óleo.
3. Acrescente a cachaça e continue misturando bem a massa.
4. Sove a massa, em uma superfície lisa, polvilhada de farinha, até que fique homogênea e pare de grudar nas mãos.
5. Deixe a massa descansar por 15 minutos coberta com pano úmido ou plástico filme.
6. Abra a massa com a ajuda de uma máquina de macarrão até a espessura mais fina que conseguir, sem que a massa quebre; se não tiver a máquina, um rolo faz também a função.
7. Corte a massa já aberta com uma faca com até 30 cm de altura e 10 cm de largura, para ficar do tamanho de um pastel de feira.
8. Recheie a massa, ocupando no máximo metade do espaço, dobre a massa e feche as bordas com a ajuda de um garfo.
9. Depois de montar os pastéis, leve o quanto antes ao óleo quente para fritar.

Leia também...

Deixe um comentário