Branco com Peixe. Tinto com Carne. Parte 2

harmoniza-ursos

Continuando o post anterior (Se ainda não leu, clique aqui), hoje vamos falar de bons tintos para acompanhar peixes e carnes brancas.

A primeira dica é escolher vinhos mais leves, com baixo teor alcoólico, taninos suaves e boa acidez.

Como eu sei disso? Vinhos de cascas mais leves, mais frutadinhos geralmente tem essas caraterísticas. As uvas mais comuns com essas características são a Gamay e a Pinot Noir (como esse chileno da foto abaixo).

img_2843

Se o peixe for mais gorduroso e de maior textura como salmão e atum, vale até um tinto mais potente como os Dolcettos (Itália), Merlots, ou Mencia (Espanha).

Se o peixe for bacalhau, a dica é apostar em tintos portugueses da região do Douro, Alentejo e Dão.

Com frutos do mar? Hum… Vale as dicas dos tintos mais leves, mas eu prefiro os brancos ou rosés. Esse da foto é bem estruturadinho (elaborado com malbec) e cai muito bem com crustáceos.

img_4366

Até a próxima coluna, Keli Bergamo.

Leia também...

Deixe um comentário