ARROZ E RISOTOS

Ele mesmo, minha gente, o nosso bom e amado ARROZ. Ele é o nosso assunto de hoje. O arroz, assim como o feijão (acesse o link para dessa matéria para saber um pouco mais – Feijão), está presente na mesa de muitos brasileiros e também faz parte de quase todas as culinárias do mundo. Um prato de arroz pode ser leve e delicado ou denso e encorpado, tudo depende da forma em que ele é preparado. O arroz nosso de cada dia é refogado com cebola e alho, fervido em água e temperado com sal.

É um ingrediente muito versátil, utilizado no preparo de sopas e risotos, servido como salada, perfeitos em bolinhos fritos e como recheio de vegetais, excelente acompanhamento para carnes e peixes, par perfeito do feijão, ideal para preparações no forno e fica maravilhoso como uma das mais tradicionais sobremesas brasileiras: o arroz-doce.

arroz mix

Sua origem é muito controversa. A última teoria defendida é que foi encontrada há 7 ou 8 mil anos na ilha de Java, Indonésia, mas não é nada comprovado. É certo que ele provém do Extremo Oriente. Escavações feitas na China revelam que essa região já cultivava esse cereal há 5 mil anos, no vale do rio Yang-tsé.

Depois de se espalhar pela Ásia, alcançou a Pérsia (o que hoje é o Irã) e a Mesopotâmia (atualmente Iraque) no século V a.C., graças ao rei persa Dario I. Nos dois séculos seguintes, chegou à Síria e ao Egito, chegando à Europa. Foi através dos espanhóis que o arroz chegou à América, e pelos portugueses desembarcou no Brasil. Durante a Idade Média, na Itália e na França, o arroz era considerado um alimento medicinal ou ingrediente para doces.

O arroz é classificado pelo tamanho do grão e é esse fator que determinará o tipo do prato a ser preparado. Grãos curtos, como por exemplo o arbóreo, soltam mais amido, resultando num arroz mais cremoso, ideal para preparo de risotos. Os grãos mais longos ficam mais soltos uns dos outro, como é o caso do arroz agulhinha, mais consumido no Brasil. Além do arroz agulhinha há o arroz basmati (muito usado na culinária indiana) e o jasmim (comum na cozinha tailandesa) que são exemplos de grãos longos.  Existem outros tipos de arroz, pouco consumidos no Brasil, como o arroz negro, o vermelho, o cateto, o selvagem (não considerado um arroz, mas sim uma gramínea) e o 7 cereais.

arroz mix 2

A verdade é que ele tornou-se um dos queridinhos do Brasil, e junto ao feijão fica difícil resistir. Para o seu preparo não tem segredo, tem é técnica. Para cada xícara (chá) de arroz branco são necessárias 2 xícaras (chá) de água. Pica a cebola, refogue-a em um pouco de óleo em uma panela no fogo baixo até ela murchar e ficar transparente (cuidado para não queimar!!!).  Agora é a hora colocar o arroz, que pode ou não ser lavado, isso fica a critério de cada pessoa. Mexa muito bem para que todos os grãos fiquem cobertos com uma camada de gordura. Aumente o fogo para médio e acrescente a água quente e tempere com sal. Quando a água secar um pouco e estiver no nível do arroz, diminua o fogo e tampe parcialmente a panela. Seu arroz estará pronto quando toda a água estiver absorvida pelo grão.

No ano passado nossa nutricionista Marja fez uma matéria sobre os diferentes tipos de arroz e seus valores nutricionais. Clique no link para saber um pouco mais sobre essa matéria que está super interessante
https://arquitetandoestilos.com/tipos-de-arroz/

Hoje teremos diversas receitas e vamos fugir do tradicional. Risotos, arroz temperado, salada e doce. Vamos nos fartar de arroz em suas mais variadas formas de preparo. Vem comigo!!!

RISOTO DE FUNGHI SECCHI

Serve 2 pessoas

Ingredientes

  • 250 g de arroz arbóreo
  • 20 g de funghi secchi
  • 2 xícaras (chá) de água morna
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • ½ cebola picada
  • ½ xícara (chá) de vinho branco seco
  • 2 xícaras (chá) de caldo de frango fervente
  • 1 xícaras (chá) de queijo parmesão ralado
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • Sal a gosto

Modo de preparo

  1. Coloque em uma tigela o funghi secchi com a água morna. Deixe hidratar por 20 minutos. Escorra e reserve a água, pique o funghi. Reserve.
  2. Em uma panela, coloque a manteiga e a cebola, leve ao fogo médio até a cebola murchar. Adicione o arroz arbóreo e misture bem até ficar transparente. Acrescente o funghi hidratado e picado, o vinho branco seco e misture até o líquido evaporar. Junte, aos poucos, o caldo de frango, a água do funghi, mexendo sem parar, até cozinhar o arroz (+/- 20 minutos).
  3. Polvilhe o queijo parmesão ralado, 1 colher (sopa) de manteiga e sal, misture vigorosamente. Desligue o fogo.

DICA: para acompanhar, grelhe medalhões de filé mignon.

risoto funghi

RISOTO DE PÊRA COM QUEIJO BRIE

Serve 4 pessoas

Ingredientes

  • 1 e ½ xícara (chá) de arroz arbóreo
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • Azeite de oliva a gosto
  • 1 cebola picadinha
  • 2 dentes de alho picadinhos
  • 1 xícara (chá) de vinho branco
  • ½ xícara (chá) de queijo parmesão ralado
  • 250 g de queijo brie
  • 1 pêra com casca e sem sementes
  • 2 colheres (sopa) de salsinha picada
  • 2 litros de água
  • 4 cubos de caldo de legumes
  • Sal e pimenta-do-reino branca moída a gosto
  • 3 colheres (sopa) de nozes picadas

Modo de preparo

  1. Ferva o caldo de legumes e conserve quente.
  2. Derreta a manteiga com o azeite de oliva em uma panela de fundo grosso. Adicione a cebola e o alho, e mexa até dourar. Acrescente o arroz, refogue até ficar transparente. Adicione o vinho branco e mexa até o líquido evaporar. Adicione, aos poucos, o caldo de legumes, até o arroz ficar al dente (+/- 20 minutos).
  3. Tempere com sal e pimenta, coloque o queijo brie e mexa. Adicione 2 colheres (sopa) de manteiga, a pêra e a salsinha picada, misture bem. Desligue o fogo, salpique as nozes e sirva.

luke@lukefoto.com.br

 

SALADA DE ARROZ INTEGRAL

Serve 4 pessoas

Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de arroz integral
  • 250 ml de água
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 cebola pequena picada
  • ½ pimentão verde
  • ½ pimentão vermelho
  • ½ pimentão amarelo
  • ½ xícara (chá) de uva passa preta
  • 1 xícara (chá) de vinagre balsâmico
  • Salsinha picada a gosto
  • Sal a gosto

Modo de preparo

  1. Lave bem o arroz integral e escorra.
  2. Em uma panela média, coloque a água, o arroz e o sal. Tampe a panela e, em fogo alto, deixe ferve. Passe para o fogo bem baixo e cozinhe o arroz até secar a água. Deixe descansar e solte os grãos com um garfo.
  3. Lave e cor os pimentões em cubinhos.
  4. Lave a uva passa em água fervente e escorra.
  5. Em uma panela, aqueça o azeite e refogue rapidamente os pimentões e a cebola. Desligue o fogo e adicione a uva passa.
  6. Em uma saladeira, misture o arroz e o refogado de pimentões com uva passa.
  7. Tempere com sal, se necessário, vinagre balsâmico e salsinha picada.
  8. Deixe curtir por 15 minutos e sirva.

salada de arroz integral

 

RISI E BISI

Serve 4 pessoas

Ingredientes

  • 200 g de arroz vialone nano
  • 1 kg de ervilhas em fava
  • 50 g de bacon
  • 40 g de salsa
  • 1,2 litros de caldo de carne
  • 1 talo de cebolinha
  • 60 g de queijo parmesão ralado
  • 40 g de manteiga
  • 2 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • Sal e pimenta-do-reino preta moída

Modo de preparo

  1. Higienize a salsa e pique-a bem fininha. Higienize a cebolinha e corte-a em fatias finas, corte o bacon em cubinhos. Retire as ervilhas da fava, lave-as e escorra-as bem.
  2. Leve o caldo de carne ao fogo. Numa panela, derreta 20 g de manteiga e 2 colheres (sopa) de azeite de oliva e, em fogo baixo, refogue junto a salsa, a cebolinha, o bacon e as ervilhas.
  3. Deixe cozinhar por alguns minutos, acrescentado 1 concha de caldo de carne. Despeje o caldo restante e deixe ferver. Adicione o arroz e cozinhe-o por 15 a 18 minutos. Ajuste o sal.
  4. Desligue o fogo, junte a manteiga restante e o queijo ralado e deixe repousar, com a panela tampada, por 3 minutos. Retire a tampa, tempere com pimenta moída na hora e sirva bem quente.

risi e bisi

 

ARROZ DOCE COM CARAMELO DE FLOR DE SAL

Serve 10 pessoas

Ingredientes – arroz-doce

  • 4 xícaras (chá) de água
  • 2 xícaras (chá) de arroz agulhinha
  • 2 xícaras (chá) de leite integral
  • 2 latas de leite condensado
  • 2 favas de baunilha (opcional)
  • Canela em pau a gosto

Ingredientes – caramelo com flor de sal

  • 250 g de creme de leite fresco
  • 250 g de açúcar refinado
  • 6 g de flor de sal

Modo de preparo – arroz-doce

  1. Junte o arroz branco, a água, as favas de baunilha abertas e raspadas e o leite integral em uma panela de pressão.
  2. Tampe e leve ao fogo cozinhe por 6 minutos depois de pegar pressão.
  3. Retire do fogo e abra depois de acabar a pressão.
  4. Transfira o arroz para outro recipiente e adicione o leite condensado.
  5. Cubra a superfície do arroz- doce com filme plástico e reserve na geladeira até a hora de servir.

Modo de preparo – caramelo com flor de sal

  1. Aqueça o creme de leite no fogo brando sem deixar ferver.
  2. Coloque a metade do açúcar em uma panela de fundo grosso e leve ao fogo médio alto.
  3. Faça um caramelo seco de cor dourada, sempre mexendo a panela para que não queime.
  4. Remova a panela do fogo e adicione o creme de leite aquecido aos poucos, sempre mexendo, até ficar homogêneo.
  5. Adicione o açúcar restante e volte a panela ao fogo até que levante fervura.
  6. Retire do fogo e adicione a flor de sal. Reserve.

Montagem

  1. Coloque o arroz-doce resfriado no fundo de um copo ou de uma xícara.
  2. Delicadamente, coloque uma fina camada de caramelo por cima do arroz com uma colher. Sirva frio.

Arroz doce

Leia também...

Deixe um comentário

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.