Alimentos Termogênicos

Quando o assunto é emagrecimento, qualquer ajudinha extra é bem-vinda, não é mesmo? É por isso que hoje eu vou falar pra vocês dos alimentos termogênicos.Quando consumidos, estes alimentos fazem com que seu corpo gaste mais energia, aumentando a queima calórica e conseqüentemente ajudando na perda de peso. Mas não pense que estes alimentos são milagrosos, eles ajudam apenas quando consumidos regularmente, associados a uma alimentação equilibrada e a uma rotina com exercícios físicos.

temperos-naturais-termogênicos

O adequado é consumir os alimentos termogênicos com a orientação de um profissional, que possa te indicar os melhores alimentos para o seu organismo e as quantidades e horários adequados a serem utilizados. O consumo excessivo destes alimentos pode ter alguns “efeitos colaterais” como insônia, ansiedade, enxaqueca, aumento da pressão arterial e desconforto abdominal. Por isso, crianças, gestantes e pessoas com problemas cardíacos ou na tireóide devem ter mais cuidado se decidirem adicioná-los na sua alimentação.

Tendo em vista essas informações, agora vou passar para vocês alguns exemplos de alimentos termogênicos e como incorporá-los no seu dia-a-dia!

Água gelada: O nosso organismo gasta calorias para equilibrar a temperatura da água com a do corpo (em torno de 36º e 37ºC). Um copo de água gelada faz você gastar mais ou menos 10 calorias, logo, ao ingerir entre 1,5l a 2l de água por dia, você pode aumentar seu gasto calórico em até 200Kcal.

agua-gelada

Gengibre: O gingerol é responsável por sua ação termogênica, que pode aumentar o gasto calórico em mais de 10%. Além disso, o gengibre também tem propriedades anti-inflamatórias, digestivas e antieméticas (melhorando sintomas como náuseas e enjôos). Pode ser utilizado cru ou cozido em saladas, chás, sucos, sopas, molhos, para temperar carnes, ou na água. Quantidade: uma ou duas fatias de 1cm ou 1 colher de chá do pó por dia.

gengibre

Canela: Uma das minhas especiarias preferidas. Ela possui várias propriedades que ajudam e muito no emagrecimento! Tem ação termogênica, ajuda a regular a glicemia, diminui o desejo por doces e a barriguinha. Você pode consumi-la na forma de chá, ou polvilhar uma colher de chá do pó em cima de frutas, sucos, iogurtes e até na batata doce (adoooro).

canela

Pimenta vermelha: É rica em capsaicina, substância responsável pelo sabor “ardido” da pimenta e pelo seu efeito termogênico, que aumenta a quebra de gordura. Deve ser evitada por pessoas com gastrite ou outros problemas gastrointestinais. É consumida normalmente como tempero, mas também por se utilizada em geléias e outras preparações. A quantidade indicada é de 3g por dia. Para quem não gosta muito do sabor picante da pimenta a dica é evitar suas sementinhas.

pimenta

Chá verde (Camellia sinensis): Seu consumo regular traz muitos benefícios à saúde! Esta bebida tem propriedades desintoxicantes, anti-inflamatórias, anticancerígenas, antioxidantes e ainda estimula a oxidação da gordura! Para quem tem insônia, ou não dorme bem, é indicado o consumo do chá verde até as 17:00 horas. Pessoas com hipertensão devem procurar orientação profissional para consumir o chá verde, pois a cafeína pode aumentar a pressão arterial. E para quem não gosta do sabor amargo desta erva vai a dica, você pode acrescentar em sua preparação canela, cravo, anis, casca de laranja ou depois de pronto, misturá-lo em sucos de fruta. Só lembre-se de tomar longe do almoço e jantar porque o chá verde diminui a absorção de ferro presente nestas refeições principais. Quantidade: 4 xícaras ao dia.

cha-verde

Ômega3: Eu costumo dizer para os meus pacientes que “esta é a gordura que ajuda a queimar gordura”. O Ômega 3 aumenta o metabolismo basal, ajuda a reduzir o colesterol ruim, faz bem para a saúde cardiovascular, tem efeito anti-inflamatório e diminui a retenção de líquido. Você pode encontrar este ácido graxo em peixes como o salmão e o atum, nas sementes de chia e linhaça, no azeite de oliva extra-virgem e nas oleaginosas (castanhas, amêndoas e nozes).

omega-3

Existem muitos outros alimentos termogênicos, eles também podem ser combinados entre si ou com outras substâncias para potencializar o seu efeito. Mas como dito anteriormente, isso tudo só pode acontecer com a orientação de um profissional capacitado que vai saber indicar os alimentos ideais para o seu organismo de acordo com as suas características individuais. É por isso que eu amo ser nutricionista! Este texto é um exemplo perfeito de como a nutrição vai muito além de contar calorias 😉

Leia também...

Deixe um comentário