Água com Limão: Mitos e Verdades

Limão! A fruta queridinha do momento e por bons motivos: é rica em vitamina C e compostos ativos que funcionam como antioxidantes em nosso corpo, incluindo flavonóides, limonóides, kaempferol e quercetina.

Existem alguns “rituais” comumente associados ao consumo do limão, como bebe-lo em jejum ou misturado com água morna. Porém você não precisa fazer isso para aproveitar seus benefícios.

Inclusive, se ingerido alguns minutos antes das refeições o processo digestivo é aumentado. Quando o limão chega ao intestino estimula a secreção de conteúdo pancreático e bile, melhorando a digestão.

Outra vantagem de consumir o limão ou outros alimentos ricos em vitamina C junto de refeições é melhorar a absorção do ferro presente em alimentos de origem vegetal, como o feijão.

Você terá os benefícios do limão em qualquer horário que preferir consumi-lo, misturado ou não com água morna, com ou sem jejum.

E a pergunta que não quer calar: Limão emagrece?

Não, o consumo isolado de limão não emagrece e não queima gordura.

Mas incluí-lo na dieta é muito interessante, além de ter poucas calorias, os nutrientes presentes em sua composição favorecem a melhora da imunidade, a produção de colágeno (melhorando o aspecto da pele), previnem o envelhecimento precoce e até pedras nos rins.

Alguns cuidados

Pessoas que sofrem com refluxo gastroesofágico não devem consumir limão porque ele pode agravar a inflamação ou irritação do esôfago e causar azia. Nos casos de gastrite, o limão deve ser evitado em jejum ou se causar dor no estomago quando consumido.

A acidez do limão pode danificar o esmalte dos dentes, observe qualquer sinal de sensibilidade caso você tenha o hábito de consumi-lo com frequência.

Espero que eu tenha ajudado a esclarecer alguns mitos e qualquer dúvida é só deixar nos comentários.

Beijos da Nutri

Leia também...

Deixe um comentário