AE conhecendo Curitiba II

Genteeeeee eis que a segunda parte do primeiro post AE conhecendo Curitiba apareceu haha ahhhhhhh  quanto mais eu pesquiso, mais eu sei que nada sei de Curitiba kkkkk

Muitooooosss lugares, muita história, muita muita muita coisa bacana pra ver! To até muito perdida hahaha

Bom, nesta segunda parte do post vou falar sobre a Praça Garibaldi, Fonte da Memória (mais conhecida como Cavalo Babão) e Palacete Wolf. Lembrando que no decorrer de tudo isso, se houver algum lugar que você ache que precisa ser mais explorado, por favor deixe seu comentário e faça uma “blogueira” feliz hahaha

A Praça Garibaldi até o final do século 19 era conhecida como Largo do Rosário, devido à Igreja do Rosário, passando a ser Praça Faria Sobrinho até que em 1946, tornou-se Praça Garibaldi, em homenagem a Giuseppe Garibaldi.

Ela fica no Cento Histórico e abriga construções e monumentos que contam a historia da cidade. Exemplo disso é o Palacete Wolf, a Igreja do Rosário (vista no Post Anterior), Sociedade Garibaldi, Igreja Presbiteriana Independente, Solar do Rosário, busto de Monsenhor Celso, Relógio das Flores, Fonte da Memória, Bares, Galerias de Arte, Lojas de Antiguidades e Artesanato e aos domingos acontece uma Feira de Arte e Artesanato com antiguidades e esculturas, além de apresentações musicais e barracas com gastronomia típica, fazendo parte da Feira do Largo que tbm já comentei e farei um post especial… UFAAAA! Tão vendo quando coisa legal a ser explorada?

Feirinha-do-Largo-9_1

De todos os lugares que citei acima e que aos poucos iremos explorar, começamos pelo Palacete Wolf e Cavalo Babão.

C3A9269

O Palacete Wolf foi construído em 1880 pelo imigrante austríaco Fredolin Wolf, e depois de ter sido sede de várias instituições, inclusive do Governo do Paraná, em 2006 virou sede da Fundação Cultural de Curitiba.

F01F02Atualmente, além de promover diversas ações, entre oficinas de análise, criação literária, laboratórios de leitura, ciclos e rodas de leituras o prédio abriga a Livraria Dario Vellozo, espaço alternativo para comercialização de obras literárias dificilmente encontradas no circuito comercial e o Teatro do Piá, que traz uma programação voltada ao público infantil.

F03

Outro Local interessante que faz parte da Praça é a Fonte da Memória.

Popularmente conhecida por Cavalo Babão, por ter a forma de uma cabeça de Cavalo em bronze, a fonte foi construída em 1995 por Ricardo Tod (falecido em 2005) em homenagem aos tropeiros e imigrantes que vinham até a cidade para comercializar seus produtos transportados por carroças e mulas.

No primeiro ensaio que fiz com a Valéria no inicio do ano passado, ela me contou essa história e jamais esqueci… Até parece que ela disse “não vá esquecer ein” kkkkkkkkkkk

F05 F04

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh e pro post ficar completo, tem que rolar uma montagem com ce
nas dos “bastidores” né kkkkkkkkkkkkkkkk

Aquele momento que você tá reclamando freneticamente do calor e alguém passa, escuta e participa demais da sessão de fotos e pela cara que fiz dá pra perceber que a participação foi demais de engraçada né hahahaha

MONTG

E aí, o que acharam do segundo post? Dá um likezinho ai que semana que vem terá outro ein 😀

Ahhh e a praça Garibaldi fica aqui ó:

Leia também...

Deixe um comentário