Adoçantes Naturais

Olá pessoal 🙂 Como prometido na matéria sobre Adoçantes Artificiais, hoje irei falar sobre alguns tipos de Adoçantes Naturais disponíveis no mercado. Existem opções muito mais seguras e interessantes para serem usadas na hora de substituir o açúcar comum ou o adoçante artificial duvidoso que você pode ter na sua casa 😛

adoçante-stevia

Stévia ou Estévia ♦

A estévia foi descoberta em 1905, mas só começou a ser industrializada a partir de 1970. Ela é extraída de uma planta chamada Stevia Rebaudiana e adoça 400 vezes mais que o açúcar comum e deixa um leve sabor residual amargo. Em 2010, o European Food Safety Authority (EFSA) publicou parecer sobre a segurança da estévia, e o Joint FAO/WHO Expert Committee on Food Additives (JECFA) analisou a segurança dos glicosídeos de esteviol (produzidos a partir stévia) durante muitos anos, estabelecendo como ingestão segura a dose de 12mg/kg de peso corporal/dia. Depois de analisarem diversos estudos disponíveis em animais e seres humanos, o painel concluiu que a estévia cumpre com as especificações do JECFA: não é cancerígena e nem genotóxica e não está associada a qualquer toxidade reprodutiva ou de desenvolvimento. 😀 A stévia pode ser consumida por gestantes e crianças e também pode ser submetida a altas temperaturas. Mas fiquem atentos na hora da compra, algumas marcas misturam a stévia com outras substancias como aspartame, sacarina, ciclamato e até mesmo maltodextrina (açúcar). Verifique sempre os INGREDIENTES do adoçante que você vai comprar.

adoçante-stevia

Taumatina 

A taumatina é uma proteína vegetal extraída de uma fruta do oeste da África, chamada Katemfe. Este adoçante natural aparece no livro dos recordes como a substancia mais doce do mundo, sendo 2 mil vezes mais doce que o açúcar. Vários estudos científicos e toxicológicos atestaram que a taumatina não causa nenhum efeito prejudicial à saúde, podendo ser consumida por todos, inclusive diabéticos, pessoas com fenilcetonúria (doença rara caracterizada por defeito da enzima fenilalanina hidroxilase) e gestantes. A taumatina não se degrada com o processamento, acidez ou altas temperaturas. E como é uma proteína, sua digestão e absorção ocorrem de forma natural como qualquer outra proteína vegetal.

adoçante-taumatina

Xilitol

Depois de ingerido, o xilitol mantém os níveis de insulina e de açúcar estáveis, o que aumenta a saciedade e diminui a compulsão alimentar. Pode ser consumido por diabéticos, autistas, crianças acima de 3 anos ou simplesmente por quem deseja perder peso.

O xilitol tem outras funções além de adoçar, ele ajuda a prevenir cáries e a prolongar a validade dos alimentos. É extraído de vegetais fibrosos, frutas e culturas de milho. O xilitol também é formado no corpo humano através do metabolismo normal da glicose. É bem tolerado pelo trato gastrointestinal, e pode ser usado na mesma proporção do açúcar, no entanto, suas calorias são de baixa carga glicêmica, pois somente são liberadas no corpo a medida que for digerido no fígado, isto quer dizer que ele e não precisa da insulina para ser metabolizado e não altera a glicemia de forma relevante.  Em quantidades exageradas, pode causar efeito laxativo. Doses superiores a 20g/dia podem causar diarreia em adultos que o utilizam pela primeira vez, apesar do aparelho digestivo poder tolerar até 200g a 300g/dia quando habituado. O xilitol possui 2kcal/g, metade do valor calórico do açúcar comum (sacarose).

Cuidado com seu bichinho de estimação, o xilitol não pode ser consumido por cachorros ou gatos, pois esses animais não possuem a enzima que ajuda a digeri-lo.

adoçante-xilitol

Eritritol

O eritritol é um poliol encontrado em frutas, como peras, melões e uvas, em alimentos como cogumelos e outros derivados de fermentação, como vinho, queijo e molho de soja. Ele é um pó cristalino branco e doce, sem sabor residual, semelhante ao açúcar e aproximadamente 70% tão doce quanto.

O valor calórico do eritritol é 0,2Kcal/g (tão pouco que é considerado por muitos como zero de calorias) e a alta tolerância digestiva o distingue dos outros polióis. Rapidamente absorvido no intestino delgado, ele é eliminado sem alteração pelo organismo através dos rins. O eritritol é considerado isento de efeitos colaterais laxativos, muitas vezes associados ao consumo excessivo de polióis, como o xilitol por exemplo.

adoçante-natural-eritritol

Maltitol 

O maltitol é bastante utilizado pela indústria por ser bastante parecido com o açúcar (sacarose), é 90% tão doce como ele, tem poucas calorias (2,1Kcal/g), mas peca no fato de não apresentar boa caramelização. É produzido através da hidrogenação da maltose, a qual é obtida a partir do amido. O maltitol é absorvido lentamente, tem baixo índice glicêmico, não causa cáries, mas em quantidades exageradas, pode causar efeito laxativo, não sendo indicado para pessoas com diarreia.

adoçante-natural

Sorbitol 

O sorbitol foi descoberto por um químico Frances nos frutos da tramazeiras em 1872, mas também está presente em muitos outros frutos e bagas. Atualmente, é produzido comercialmente através da hidrogenação da glicose e está disponível nas formas líquida e em cristais, sendo utilizado em produtos da indústria alimentícia, farmacêutica e de cosméticos. É 60% tão doce quanto o açúcar (sacarose), mas com um terço a menos de calorias. O sorbitol estimula a mobilidade da vesícula biliar, favorecendo o seu esvaziamento e a formação da bile. A bile atua na digestão de gorduras e na absorção de nutrientes ao passarem pelo intestino. No entanto, pessoas com tendência a diarreia precisam ter cuidado ao consumir produtos com sorbitol, pois como os outros polióis (exceto o eritritol) têm efeito laxativo. Pessoas intolerantes à frutose não podem consumir o sorbitol.

adoçante-natural

Como vocês devem ter observado, existem sim várias substancias que podem ser usadas no lugar dos adoçantes artificiais. Na verdade, o ideal é não adoçar os alimentos e acostumar com o seu gosto natural. Mas enquanto o paladar ainda não está adaptado, você pode ir provando os diferentes tipos de adoçantes naturais e ver aquele que se adéqua melhor as suas necessidades.

Qualquer dúvida é só deixar nos comentários, gente! Até semana que vem, beijos 

Leia também...

Deixe um comentário

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.