Açúcar Oculto: Um Doce Veneno

Parece fácil identificar quando um produto tem ou não tem açúcar. É só observar a embalagem ou procurar pela opção light ou fit, certo? Não é bem assim.  Grande parte dos alimentos industrializados contém açúcares “ocultos”.

Se você não sabe a diferença entre um produto diet, light ou zero é só acessar o post clicando AQUI.

Acredito que grande parte das pessoas já sabem que não dá pra confiar na embalagem dos produtos, muitos deles tentam passar uma imagem de saudável sendo que não são.  😡  Além da informação nutricional, devemos ficar atentos aos  seus ingredientes. Lá é que ficamos sabendo o que de fato estamos colocando dentro do nosso corpo.

Este açúcar “extra” oculto nos alimentos industrializados (que muitas pessoas consomem sem saber) é um problema de saúde no mundo todo. Além de contribuir para o aumento de peso e obesidade, os açúcares também estão deixando as pessoas doentes, causando doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, problemas hepáticos (gordura no fígado), envelhecimento precoce e até aumentando risco de desenvolver câncer.

Inclusive, no começo do mês falei sobre hábitos saudáveis super simples que ajudam (e muito) na prevenção do câncer: Alimentação na Prevenção do Câncer.

Se o açúcar faz tão mal, porque ele é adicionado em tantos produtos? O açúcar é uma das substâncias mais viciantes que você pode consumir. Alguns estudos mostram que ele vicia mais que a cocaína. Por isso, muito cuidado na hora de introduzir o açúcar na alimentação das crianças.

COMO DESCOBRIR SE UM ALIMENTO TEM AÇÚCAR APENAS PELO RÓTULO?

Preste atenção na embalagem do produto, muitos dizem não conter açúcar ou gordura, mas contém. O segredo é sempre olhar nos INGREDIENTES.

 Os nomes mais comuns do açúcar terminam em “ose”, como: Glicose, Sacarose, Lactose, Frutose, Maltose, Dextrose, Galactose.

Outros nomes frequentes são: Açúcar mascavo, açúcar invertido, açúcar orgânico, amido, cana de açúcar, caldo de cana, extrato de malte, mel, melado, melaço, maltodextrina, suco de fruta concentrado, xarope de agave, xarope de milho, xarope de glicose de milho, xarope de guaraná, xarope de malte.

Dica da Nutri  Meu conselho é ter a alimentação mais natural possível, evitando os alimentos industrializados. Assim você não precisará ficar se preocupando com todas essas substancias químicas que fazem mal para a saúde e com as estratégias enganosas da indústria para fazer com que você as consuma e vicie nelas.

Separei pra vocês algumas figuras bem interessantes que mostram a quantidade de açúcar presente em alguns produtos:

 

Leia também...

Deixe um comentário