Adoro falar sobre vinhos, adoro provar novos vinhos e adoro envolver todo mundo nessa história. E para isso sempre deixei de lado preconceitos e busquei provar novidades.

Dificilmente repito um vinho e recomendo que as pessoas também não façam isso, pois há um mundão muito grande a ser explorado.

Essa semana tive a oportunidade de mostrar um pouco mais sobre isso a um público de mais de 100 pessoas no Shopping Catuaí em Londrina. Dentro do evento Catuaí Gourmet, com curadoria da Menu Escola de Gastronomia (local dos meus cursos aqui na cidade), conduzi uma palestra sobre harmonização e também sobre ‘sairmos da caixinha” quando se fala em vinho.

Tive presenças ilustres por lá: Olha a Alessandra Iasbek (fisioterapeuta e acupunturista) e a Ana Paula Juliani (médica alergista), ambas colunistas do AE aí:

  • Um novo Chile:

O vinho chileno é o mais consumido no Brasil e entre muitos bons rótulos, também temos muita besteira em nossas prateleiras. A maioria desses vinhos vem de uma região central do país, de clima um pouco mais quente e com predominância de vinhos mais pesados e amadeirados (nos tintos) ou de extrema expressão – até um pouco cansativos – de fruta (nos brancos).

Mas o Chile tem muitas outras nuances, com vinhos muito elegantes e de uvas diferentes, perfeitas para inovar de verdade! Uma das regiões que mais se destacam nesse novo perfil do vinho chileno é o Valle del Itata, localizado no Sul.

Itata já foi a responsável por 80% da produção de vinho chileno, perdendo força na década de 30. Com a tendência ao resgate das culturas originais das regiões produtoras e valorização das castas autóctones ou primariamente cultivadas, as uvas provenientes de videiras velhas da região vem sendo novamente trabalhadas de modo sério e originando vinhos de muito caráter. As principais uvas ali cultivadas são a País, Moscatel, Cinsault e Carignan.


Para a experiência dessa semana utilizamos o Moscatel harmonizado com Tartar de Salmão e Avocado com Granita Cítrica. O Moscatel tem uma cor amarela brilhante, com toques dourados. Uma explosão aromática de flores e frutas cítricas. Em boca muito fresco e com alta acidez. Ótima persistência.

Já o Cinsault, com uma linda cor rubi, tem aromas muito frutados. Em boca é delicado, com alta acidez e taninos finos e vibrantes. Harmonizou super bem com Panceta Crocante com Canjiquinha Cremosa e Molho de Agrião. Os pratos foram preparados pelo Chef Pablo Lussich da Menu.

Os vinhos La Causa são importados pela Devinum (sigam @devinumimportadora).

  • Espumantes na Torneira:

Outra novidade (pra quem me segue não é mais tão novidade assim) foi servir os espumantes na torneira. Sim, esse sistema preserva a mesma pressão da garrafa, os mesmos sabores e aromas e é muito mais econômico. O espumante vem em barris de 20 litros e são acoplados a torneiras para chopp (é necessária uma adaptação) ou nessa maquininha linda e maravilhosa (que eu sonho ter em casa) chamada Kühlen Bier (sigam @kuhlenbier).

A distribuição dessa maravilha é da Bubbles on Tap (sigam @bubblesontap) que revende para bares, eventos, festas…. Tem Brut, Brut Rosé, Prosecco e Moscatel.

Vinho, como sempre digo, é pra ser divertido. Deixe de lado as regras muito rígidas e curta cada tacinha com mais prazer!

Até a próxima coluna.

Keli Bergamo

Leia também...

Deixe um comentário

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.